Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O processo de migração AM-FM está avançando e ocupando mais espaços no FM convencional (88.1 FM a 107.9 FM). Isso é…

Enquete

Terça-Feira, 06 de Novembro de 2018 @

Quanto sua rádio paga pelos acessos dos BOTs no seu Streaming

Segundo pesquisa, os bots correspondem a mais de 50% do tráfego total da Internet. Imagine isso como custo para a estrutura on-line de uma rádio

Publicidade

Conheça o estudo que fizemos ao longo dos últimos 10 meses sobre BOTs e Streaming Ao Vivo que é importantíssimo para a saúde do orçamento da sua rádio.

O que é um BOT?

Um BOT é apenas um programa de computador construído para automatizar alguma atividade (geralmente) repetitiva.

Eles podem ser úteis e inofensivos para os usuários em geral. Por exemplo, quando sua rádio configura o Google Analytics para o seu website, um BOT do Google executa cada página para indexar o conteúdo e facilitar que seus ouvintes encontrem o conteúdo do seu site a partir de uma pesquisa.

Segundo pesquisa da Imperva, em 2016 os bots corresponderam a mais de 50% do tráfego total da Internet.

BOTs e Streaming

As plataformas de Streaming mais utilizadas pelas rádios no mundo, o Icecast e o Shoutcast, criaram e estabeleceram há mais de 10 anos padrões de consulta de metadados e estatísticas que são utilizadas até hoje.

E, conforme os programadores começaram a desenvolver agregadores de rádio, como o TuneIn, para poderem saber com qual plataforma estão lidando e, também, entregar uma boa experiência para seus usuários, foram desenvolvidos BOTs checam esses metadados, se o Streaming está funcionando e coletam dados estatísticos de audiência.

Depois, vieram empresas que "monitoram" diversos canais de Streaming e mapeiam audiência, músicas tocadas, propagandas veiculadas, entre outros, para fornecer dados para artistas, anunciantes e outras empresas.

E, além desses, programas de e-mails modernos (Outlook, Gmail, etc), WhatsApp, Facebook, entre outros, quando você compartilha um link de internet, eles executam esse link para ler metadados e criar um preview para o usuário. Com isso, no caso de um link de Streaming ou no caso do seu site dar um play automático quando ele é executado, se olhar nas estatísticas verá "1 ouvinte" que é referente a esse programa (ou BOT).

A plataforma de Streaming da Nextdial

A primeira versão da plataforma de transmissão da Nextdial foi lançada em janeiro de 2018.

Nessa época trabalhávamos com Shoutcast e tínhamos exatamente a mesma estrutura que as demais empresas que fornecem esse tipo de serviço.

Em janeiro de 2018 contabilizamos 2.350.704 sessões totais.

Contudo, a partir da nossa experiência com a Rádio Geek, aprendemos que sessões é um péssimo parâmetro, então, trabalhamos no desenvolvimento de outros sistemas para proteger, identificar o canal, o ouvinte e contabilizar o tempo de transmissão.

Em abril de 2018 compatibilizamos nosso sistema com a metodologia de aferição de audiência da Triton Digital que foi homologada pela Media Ratings Council (MRC) nos EUA.

Em maio de 2018 desenvolvemos um sistema de rastreamento das conexões para estimar quantos ouvintes a rádio possui.

Em junho de 2018 iniciamos testes de mapeamento de canais.

E foi a partir desses testes que pudemos identificar padrões de comportamento que não podiam ser de pessoas. Até contamos isso em outro artigo. Por fim, depois de diversos ajustes, em agosto de 2018 implementamos mecanismos de segurança para bloquear essas conexões e padronizamos nossos relatórios de acordo com o IBOPE.

BOTs em números

 

O impacto financeiro dos BOTs

O que concluímos:

Quase 1/3 das sessões foram feitas por BOTs;
Cerca de 50% do tempo total de transmissão é consumo por BOTs;

Traduzindo isso em números monetários:

Supondo que sua rádio compre Streaming pelo total de ouvintes simultâneos:

Uma rádio que compra 10 mil conexões a um preço médio de R$0,40 por conexão gasta cerca de R$31 mil por ano por conta dos BOTs.

Agora, se sua rádio compra "ouvintes ilimitados" com um volume "x" de tráfego de dados:

Considerando um preço agressivo de R$0,029 por GB (o preço de empresas que você encontra facilmente vendendo Streaming pela Internet), uma rádio com 10 mil ouvintes simultâneos transmitindo a 48Kbps gasta cerca de R$145 mil por ano com BOTs.

Faça as contas para a realidade da sua rádio.

Qualquer dúvida, entra em contato! Mande um email para [email protected] e vamos conversar.

Postback: https://www.nextdial.com.br/post-post/

Tags: streaming, audiência, conta, plataformas, experiências, online, custos, bots

Compartilhe!

Colunista
Thiago Fernandes Thiago Fernandes é especialista em produtos digitais com atuações em projetos para Galinha Pintadinha, Dafiti, WebMotors, Buscapé, Veja, entre outros, é formado em Ciências da Computação com MBA em Engenharia de Software pelo ITA e especialização em Marketing pela ESPM. Instagram, Facebook e LinkedIn com o perfil @thiagof0701.



Mais tudoradio.com

tudoradio.com © 2001 - 2018 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.