Quinta-Feira, 20 de Agosto de 2015 @ 10:53

Extra: Antena 1 divulga pesquisa própria sobre preferências dos ouvintes de rádio

São Paulo – Amostra conta com 741 ouvintes e revela que 59% dos ouvintes acompanham o rádio a partir de casa

Publicidade

A Antena 1 FM 94.7 de São Paulo, emissora voltada ao segmento adulto-contemporâneo e líder de uma rede nacional em FM, divulgou hoje (20) através de sua assessoria de imprensa uma pesquisa que aponta as preferências de consumo do meio rádio por parte dos ouvintes. Segundo a FM foram ouvidos 741 ouvintes no início de agosto, medição conduzida pela Antena 1. O levantamento afirma que é em casa onde o ouvinte mais acompanha o meio rádio, com 59% da preferência. A pesquisa também aponta um crescimento considerável do “streaming” (rádio via internet) entre a audiência da Antena 1, mas também destaca a importância do chamado “rádio offline” (via ondas FM). Acompanhe os destaques.

O levantamento mostra que 59% da audiência de rádio parte das residências, local onde a fidelidade por uma estação é grande: 72% afirmam não trocar de estação. No carro, onde está 21% da audiência radiofônica, a taxa de troca de estação é de 48%. Já no trabalho (20% da audiência) a taxa de fidelidade por uma estação chega a marca de 80%. Esses dados são relacionados ao meio rádio, tendo a Antena 1 como ponto principal da pesquisa (estação responsável pelo levantamento junto à sua audiência).

A pesquisa da Antena 1 também revelou os canais utilizados para ouvir rádio: no trabalho, o computador é o escolhido em 37% dos casos. Em casa, o rádio FM lidera com 39%, e o PC (Desktops e Laptops) e dispositivos móveis ocupam o segundo e o terceiro lugar, respectivamente, somando 51% da preferência. Já no carro, o som embutido com recepção de ondas terrestres ganha de longe, com 78%.

Outro detalhe interessante do levantamento feito pela Antena 1 com os ouvintes da rádio é relacionado à música, principal produto da estação. Segundo a pesquisa, 58% afirmam ouvir música para relaxar (em casa) e essa marca cai para 48% no trabalho e no carro. Mesmo no trabalho, os brasileiros preferem escutar as músicas sem fones de ouvido (72%), pouco abaixo dos 81% que adotam a mesma prática em casa, e 88% no carro. Apesar de ajudar a relaxar, as canções não são uma distração no ambiente corporativo. Pelo contrário, 98% dos ouvintes afirmam que o rádio os torna mais produtivos durante o expediente, segundo o levantamento da Antena 1.

“Como dá para ver, ouvir rádio não saiu de moda entre os brasileiros. O que acontece é que alguns hábitos de consumo mudaram, e hoje o streaming responde por uma parcela significativa da audiência. O rádio continua sendo o meio mais próximo ao ouvinte, que acaba criando uma relação de intimidade com suas estações preferidas”, explica Bruna Garcia, da equipe de marketing da Antena 1.

O levantamento da Antena 1 também aponta que 80% dos entrevistados afirmam ouvir rádio todos os dias.

Ibope confirma o bom desempenho do meio rádio

Recentemente o Ibope Media divulgou uma pesquisa geral sobre o consumo do rádio FM/AM no Brasil, apontando que 89% da população de 13 grandes centros brasileiros afirmam ouvir rádio. Os detalhes dessa medição podem ser acompanhadas pelo Tudo Rádio: clique aqui e leia sobre..

Veja também o infográfico produzido e finalizado pela Antena 1:
 

 

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é empresario, jornalista e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 17 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como consultor nas áreas artística e digital.

https://www.tudoradio.com/noticias/ver/13754-extra-antena-1-divulga-pesquisa-propria-sobre-preferencias-dos-ouvintes-de-radio