Quarta-Feira, 03 de Fevereiro de 2021 @ 17:30

Rádio Cidade emite nota oficial sobre saída do dial e manutenção do projeto no digital

Rio de Janeiro - Segundo a nota, a rádio vai manter a equipe atual. Rádio Cidade prevê expansão do áudio digital, com base nos números expressivos que a emissora já detém no streaming

Publicidade

Atualizado às 18h26 - 04/02 - Circulou na internet uma informação sobre a saída da Rádio Cidade FM 102.9 do dial FM carioca, após dois anos ininterruptos no ar nesta última passagem. Dona de resultados importantes de audiência ao longo de 2020, a emissora se manifestou sobre o caso através de uma nota e deu mais detalhes de como será a sua trajetória a partir do dia 10 de fevereiro, quando deixará a sintonia no FM carioca. Segundo o comunicado, a Rádio Cidade continuará com seu projeto no ar, sem mudanças na equipe e terá um investimento adicional em plataformas digitais, aproveitando o crescimento obtido nessa frente.

adstexto

Com foco no áudio digital, essa nova fase da Rádio Cidade será diferente da atuação anterior no ambiente on-line, seja pelo crescimento de audiência obtido pela rádio, como também pelo avanço dos dispositivos digitais. A rádio conta com um volume significativo no streaming, com 300 mil ouvintes por mês, mais de um milhão de conexões mensais e base ativa de 50 mil pessoas no aplicativo. O trabalho digital também é impulsionado pelo surgimento de dispositivos como caixas de som inteligentes (smart speakers), onde a Cidade já está presente, assim como a expansão tecnológica (como a chegada do 5G). 

Tendo esse volume do digital, a Rádio Cidade comunica que sua operação atual não terá mudanças após a saída no dial, ou seja, a equipe envolvida no projeto não sofrerá mudanças. "A Rádio Cidade continua com sua essência de sempre, mas agora foca na distribuição multiplataforma, mantendo toda a sua equipe, elenco de locutores, programas, como Panorama, Cidade do Rock, Delivery e Radar 2.0 e aumenta o investimento na produção de conteúdo em áudio", informa a nota.

Sobre o dial FM, o comunicado da rádio destaca o desempenho obtido em audiência durante o ano de 2020, mas também os efeitos da pandemia, que impactaram a operação da rádio. "O movimento faz parte da estratégia de viabilizar a continuidade da marca. Apesar das mudanças de hábito no consumo de rádio imposto pela pandemia, a Rádio Cidade mostrou crescimento de 33% em sua audiência, alcançando o oitavo lugar no Ibope. Sua audiência on-line via áudio impacta 300 mil ouvintes por mês", diz o texto.

No comunicado, José Roberto Mahr, diretor artístico da Rádio Cidade, explica o momento de investir no áudio digital e não descarta que esta evolução do projeto não possa retornar ao dial FM em um novo momento. "O aumento da nossa audiência demonstra o envolvimento emocional do público com nossa programação e como fomos importantes para cada um deles neste período complicado. Nós abrimos mãos do tradicional dial 102.9, para investir ainda mais na produção de conteúdo em áudio que será distribuído pelas nossas plataformas proprietárias, com diversas possibilidades de interação e de publicidade. Porém, nada impede de no futuro termos um outro dial aqui no Rio ou em qualquer lugar do país e do mundo replicando nosso conteúdo".


Vídeo com a equipe da Rádio Cidade sobre a permanecia da rádio no digital / Instagram Rádio Cidade

Na nota, a Rádio Cidade destaca que acredita numa migração natural da audiência presente no dial FM para o aplicativo da rádio. "O conteúdo que produzimos é o nosso maior patrimônio. Quando ele tem identificação com os ouvintes, acreditamos que será acessado independente do canal de distribuição. O consumo de entretenimento via áudio vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. Com a chegada do 5G, junto com a expansão de novas tecnologias como o connected car e smart speakers, o rádio agora é híbrido em vários meios de distribuição em áudio. Estamos olhando para o futuro", comenta Guilherme Rianeli, diretor comercial da Cidade.

Se posicionando como uma plataforma de conteúdo digital, Rianeli destaca o crescimento da publicidade nesse ambiente tecnológico, sendo uma oportunidade para o mercado. "Agora, a Rádio Cidade mais do que uma emissora é uma plataforma de conteúdo em áudio. O diferencial é que temos uma base de fãs fiéis que consomem e interagem conosco por meio de chats e das nossas redes sociais. Temos soluções de comunicação altamente customizáveis e com mensuração assertiva para cada um dos nossos canais. Estamos recebendo excelentes feedbacks dos nossos clientes em relação à continuidade do projeto neste novo formato", enfatiza Rianeli. .

Para os próximos meses, o conselho de conteúdo da Rádio Cidade planeja novidades na programação e conteúdos inéditos. Parte da estratégia inclui a distribuição exclusiva de um acervo histórico com gravações de Legião Urbana, Charlie Brown Jr., Mamonas Assassinas, Cássia Eller e tantos outros artistas que se consagraram junto à evolução da marca.

Clique aqui para conferir na íntegra a nota emitida pela Rádio Cidade.


Logotipo da Rádio Cidade, já na versão que será usada pela rádio a partir do dia 10

Relacionado:
> Após migrar para 97.3 FM, Deus é Amor deixa a Rádio Morada do Sol de São Paulo e faz expectativa no Rio de Janeiro

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.

https://www.tudoradio.com/noticias/ver/24866-radio-cidade-emite-nota-oficial-sobre-saida-do-dial-e-manutencao-do-projeto-no-digital