Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O que a sua rádio preferida deve fazer na programação durante a pandemia da covid-19?

Enquete

Quarta-Feira, 02 de Março de 2011 @

Eldorado Brasil 3000 e Rádio Estadão: confuso, porém explicável

Na bagunça criada no dial, o Estado vai tentar organizar a série de projetos levados ao ar através
Publicidade
Nas últimas duas semanas o assunto principal na roda de conversas sobre rádio em São Paulo é a ?bagunça? promovida pelo Grupo Estado, em parceria com a Fundação Brasil 2000 e a ESPN Brasil. O resultado dessa ?desordem? no dial será a criação de duas novas rádios e a extinção de outras duas. Quem chega? Rádio Estadão ESPN e Eldorado Brasil 3000. Quem sai? Eldorado AM e 107.3 FM. Porém isso é menos complicado do que parece.

Na bagunça criada no dial, o Estado vai tentar organizar a série de projetos levados ao ar através da parceria com a ESPN, além da recém-criada rede nacional de rádios controlada pelo grupo. A idéia é assumir a bandeira esportiva através de uma única rádio (executada em dois canais) somando a tradição nacional em jornalismo do Grupo Estado através do jornal O Estado de S.Paulo e da Agência Estado.

O que o grupo tem até este presente momento: uma rádio tradicional no AM (frequência 700 KHz) que executa programação jornalística e esportiva (via ESPN) que virou cabeça de uma rede nacional ( Rede Eldorado ESPN), outra estação tradicional com grade voltada ao público adulto-qualificado (Eldorado FM) e uma parceria com a 107.3 FM (Fundação Brasil 2000) para jogar o conteúdo esportivo veiculado na Eldorado AM no dial FM.

A partir de março a situação muda, com a definição desses projetos e fortalecimento das parcerias já existentes. A Eldorado AM sai de cena e se transforma em Rádio Estadão ESPN, projeto que ocupará de forma simultânea os mercados AM e FM de São Paulo (no AM em 700 KHz e em FM através dos 92.9). O grupo opta por preservar a marca tradicional Eldorado através da programação atualmente executada em 92.9 FM, migrando a rádio para 107.3 FM, em parceria com a Fundação Brasil 2000.

Em resumo: a Eldorado AM troca de nome e ganha um canal em FM, além de contar com duas marcas nacionalmente conhecidas (Estadão e ESPN) para fortalecer sua rede. A Eldorado FM que ficou conhecida em 92.9 FM ganha uma nova casa (a 107.3 FM) e sofre uma adaptação em seu nome fantasia, nada além disso. Já quem some de vez é a antiga Brasil 2000, rádio que nos últimos anos vem ?cumprindo tabela? em São Paulo após uma trajetória de relativo sucesso entre a década de 90 e começo dos anos 2000, porém continuará sendo lembrada pelo mercado através da adaptação imposta ao nome da Eldorado FM nesta nova fase.

A marca Eldorado é um peso positivo no mercado de rádio de São Paulo, porém sua principal força está no publico qualificado e fiel que acompanha os 92.9 FM. Em 700 AM (programação jornalística e esportiva), a marca também é tradicional, mas está longe de alcançar os desempenhos de outras rádios tradicionais como Jovem Pan e Bandeirantes quando o assunto é audiência. Pulando para ?Estadão?, a rádio renasce com um peso nacional, podendo fortalecer sua rede e dar um novo fôlego ao projeto na capital paulista.

Por isso, como eu opinei no inicio deste texto, a mudança é totalmente ?explicável?, tendo um sentido plausível ao mercado.


Tags: Eldorado, Estadão ESPN

Compartilhe!

Colunista
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.








Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.