Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Terça-Feira, 20 de Março de 2012 @

Ribeirão ontem e hoje: papo com "Mister Maghou"

Jason relembra o rádio de Ribeirão e destaca o momento atual da Diário FM através de um papo com ...

Publicidade

Hello Friends!

Meu primeiro entrevistado do ano aqui no Tudo Radio é Mário dos Santos Rodrigues, mais conhecido por Mister Maghou. Ele é Coordenador e Programador da Diario FM, rádio que está em 4º lugar no Ibope. A seguir você verá que ele nada tem, (a não ser o apelido), com o personagem de desenho animado criado pela United Productions of America, em 1949.
Natural de São Paulo, capital, mas criado em Araraquara, Maghou já passou pelas radios, Difusora, Clube, além da Cultura de Araraquara, onde iniciou sua carreira. Enjoy!


JASON: Olá Maghou, quer dizer que você começou em 1984 no rádio. Como foi este inicio?

MAGHOU: Minha paixão pelo rádio começou ainda garoto quando ganhei um radinho de pilha do meu pai, e prometi prá mim mesmo que um dia estaria trabalhando dentro daquela "caixinha". Eu participava direto da programação da rádio Cultura de Araraquara, e acabei me tornando amigo de todos que trabalhavam lá na época, e um dia o diretor artístico Antonio Carlos Rodrigues dos Santos, o Toninho, me convidou para fazer parte da equipe, já trabalhando como programador. Aprendi muito com ele, desde a parte estrutural de uma programação, e principalmente questões como compromisso com a ética, disciplina de trabalho e respeito ao ouvinte.

JASON: Nesta década, as radios eram bem mais produzidas, apesar dos recursos da época, não acha?

MAGHOU: Não digo mais bem produzidas, até porque hoje dispomos de recursos que não tínhamos naquela época, mas com certeza sobrava criatividade, justamente por conta das necessidades. Eu sempre digo que a necessidade é a mãe da invenção, então para conseguirmos efeitos que hoje encontramos em diversos softwares de edição por exemplo, tínhamos que nos desdobrar em criatividade para alcançar nossos objetivos.

JASON: Digo isso porque hoje a tecnologia ajuda bastante, mas também pouco se cria, concorda?

MAGHOU: O problema é que justamente o conforto gerado pela tecnologia, pode trazer um certo comodismo por parte de quem produz, mas isso é relativo porque varia de pessoa para pessoa. Quem sempre busca o melhor nunca se acomoda.

JASON: E como surgiu o convite para vir a Ribeirão?


MAGHOU: Minha chegada á Ribeirão Preto, ocorreu no dia primeiro de Agosto de 1988, e o convite partiu da Diário Fm. O Fernando Marucci que era o coordenador de programação na época estava de saída por conta de uma proposta de trabalho que ele havia recebido da EPTV. Após 9 meses na Diário, em Junho de 1989 fui apresentado ao José Adolfo Bianco Molina, que me pediu um projeto para a Difusora que estrearia em Outubro do mesmo ano. O projeto foi aprovado e começamos a desenvolve-lo.

JASON:  Fale sobre a equipe da DIFUSORA, naquela fase ?


MAGHOU: Foi uma fase fantástica da minha vida no rádio, onde conseguimos reunir uma equipe jovem, até certo ponto inexperiente mas cheia de garra, talento e vontade de aprender, fazer e vencer. O Gil Santiago era o diretor artístico e de jornalismo. Eu coordenava a programação musical toda formatada no projeto que havia sido apresentado à direção geral, e no time de locutores passaram nomes como Dimas Aguiar, Tavinho Junior, Julim Brazil, Minduba, Alex Ribeiro, Paulo Garrefa, Toni Manero, Dj Tom, que segue até hoje na equipe e os Dj's Waltinho Ponce e Renato Cabral que comandavam o Blitz Difusora, programa líder de audiência nas noites de sábado na época.

JASON: Em 1992, vcs ficaram em 1º lugar no Ibope, conte sobre isso?

MAGHOU: A Difusora estreou em Outubro de 1989 e em Junho de 1992 ela assumiu o primeiro lugar de audiência em Ribeirão Preto, como resultado de todo um trabalho que vinha sendo executado com afinco desde seu início. A Difusora chegou em Ribeirão Preto na época apostando numa vertente mais pop, e apostando em lançamentos, sendo a primeira rádio de Ribeirão Preto e região a executar artistas como Midnight Oil, Oingo Boingo, Information Society, entre outros... em apenas três anos colhemos os resultados.

JASON:  E a chegada na Clube, como foi?

MAGHOU: Eu já havia recebido um convite para ir para a Clube em 1991, e recusei por conta de todo o entusiasmo que havia em relação ao trabalho que estávamos desenvolvendo na Difusora na época. Após algumas mudanças no direcionamento da Difusora, senti que era hora de mudar, e acabei procurando a Clube e aceitando o convite que ainda estava à minha espera. Uma semana depois saiu o Ibope com o resultado que trazia a Difusora em primeiro lugar, coroando todo um trabalho que havíamos desempenhado por lá.

JASON: Lá também houve um periodo de transição, de uma programação jovem, ela passou a ser popular?

MAGHOU: A Clube sempre foi popular. Uma rádio voltada para o grande público, baseada em hits. A diferença é que na década de 1980, o volume de música pop tanto nacional como internacional era maior do que nas décadas seguintes, a partir de 1996, com a explosão do filão sertanejo a partir do sucesso da novela "O Rei do Gado", ela passou também a executar os artistas sertanejos de sucesso, e segue nessa linha até hoje, mesclando com demais artistas de segmentos musicais variados como o samba, o hip hop, o dance, o rock, o funk etc...

JASON:  E sua chegada a Diario FM, como surgiu o convite?


MAGHOU: O Marcelo Romano Machado, me procurou assim que ficou sabendo que eu me desligaria da Clube. Conversamos sobre um projeto para a Diario e desde então estamos trabalhando em busca dos nossos objetivos.

JASON: Você chegou na Diario, ela estava em 9º lugar, e hoje está em 4º (segunda a sexta, das 06h ás 00h). Qual o segredo?

MAGHOU: Primeiro você estuda o mercado, cria seu produto baseado nas necessidades desse público, traça suas metas e faz seu planejamento para alcança-las, e depois muito, muito trabalho, sem nunca perder o foco do que você se propôs a fazer. Meu patrão é o meu ouvinte é prá ele que eu faço a programação da rádio.
 
JASON:  Por ser uma rádio de publico, mais adulto, considera isso uma vitória?

MAGHOU: Com certeza uma grande vitória, porque mostra que a qualidade do nosso trabalho está sendo reconhecida. A programação da Diário é formatada no público alvo adulto-contemporâneo, e tem como diferencial a qualidade musical daquilo que executa, não se prendendo a rótulos ou épocas, apenas a qualidade artística e musical. Por conta disso o ouvinte conhece em primeira mão novidades como Adele (desde seu primeiro disco "19" de 2008), convivendo com clássicos de Bee Gees, Donna Summer, Queen etc...com isso hoje conseguimos manter nosso público fiel e ainda renovamos nossa audiência, com a chegada de jovens na faixa dos 20 e poucos anos, que acabam se identificando com nossa programação porque qualidade não tem idade...

JASON: Pela sua experencia, como avalia o rádio hoje?

MAGHOU: O rádio está passando por grandes transformações tecnológicas e até artísticas e correndo atrás de seu público, este sim, cada vez mais disperso por conta da concorrência de outras mídias como mp3 players, internet e smarphones. As rádios estão se adaptando para poderem estar cada vez mais perto de seu público alvo, oferecendo seus serviços em todos os formatos.
 

JASON: Na sua opinião, exitem mais rádios populares hoje, porque: É mais facil de fazer, ou dá mais dinheiro?

MAGHOU: Nem uma coisa nem outra. É somente uma questão de demanda... se houver uma "inundação" de "Adeles" e "Anas Carolinas", ou de "Madonnas" e "RPMs" como houve em décadas passadas, o cenário muda novamente... rádio antes de convicção, vaidade ou capricho pessoal, é acima de tudo um grande negócio. Você define para que tipo de público quer fazer e corre atrás...


JASON: Não poderia deixar de perguntar, como surgiu esse apelido, Maghou?

MAGHOU: O apelido Mister Maghou, surgiu ainda em Araraquara na rádio Cultura. Eu usava óculos do tipo "fundo de garrafa" por conta da miopia e tentei me adaptar com uma lente de contato que era novidade na época uma tal de lente siliconada (lembro que só haviam a dura e a gelatinosa, e essa era lançamento), mas não consegui, a danada vivia pulando pra fora dos meus olhos e para não perdê-las, vivia com os olhos semi-abertos, e um dia, o grande locutor Marcelo Zamarian que passava na rádio semanalmente para fazer gravações em nossos estúdios entrou na discoteca juntamente com o operador de áudio Chico de Assis, e ao me verem fazendo a programação com os olhos quase fechados para não perder a tal da lente, brincou dizendo que eu estava parecendo o Magoo, personagem do velho desenho de tv, e todos começaram a rir e a me chamar de Mister Magoo, claro, quando você implica com um apelido é que ele realmente pega. Hoje não consigo mais me ver sem ele, e a mudança no modo de escreve-lo é resultado de um estudo de numerologia...


JASON: Pra encerrar, vamos ao seu Top Five: As cinco musicas da sua vida:


Essa é a pergunta mais difícil de responder, até porque não consigo listar somente cinco...
Stevie Wonder - "Ngiculela - Es Una Historia - I Am Singing"
Marvin Gaye - "Let's Get It On"
Lou Rawls - "You'll Never Find Another Love Like Mine"
Wings & Paul McCartney - "Silly Love Songs"
The Smiths - "There's a Light That Never Goes Out"
The Style Council - "You're The Best Thing"
Ten Sharp - "You"
Womack & Womack - "Teardrops"
Galaxy & Phil Fearon - "Dancing Tight"
Travis - "Sing", vixi já passou das 5 e por aí vai...essa lista não tem fim (risos)
 
JASON:  E agora o nosso Ping-Pong:

Apelido: Maghou
Uma qualidade: Transparência
Um defeito: Ansiedade
Uma cor: Azul
Time Futebol: Corinthians
Diario FM: O dia todo... todo dia
Uma Frase: Nunca faça a alguém o que não gostaria que fizessem à você.


Por hoje é só pessoal, agradeço de coração ao amigo Maghou, pela entrevista, e por partilhar um pouco de sua grande experiencia,  com a gente. God bless you my friend!  Sugestões de entrevistas, clica no e-mail logo abaixo! Até a próxima!

Tags: Ribeirão Preto

Compartilhe!



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.