Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Quarta-Feira, 28 de Março de 2012 @

Fim da MIT FM e o que anda acontecendo em São Paulo

Fernanda Lima está de volta e tem novidades: primeira coluna em áudio no Tudo Rádio
Publicidade
Não quer ler? Quer ouvir? Clique no player abaixo e ouça essa coluna! - Caso deseje acompanhar a versão "escrita" basta acompanhar o texto publicado na sequência. Boa leitura! Audiocast 01 2012- TudoRadio by fernanda_lima


Uma das histórias mais conhecidas da Bíblia, é a parábola do filho pródigo que ganha o mundo mas acaba voltando para a casa do pai. Todo mundo na vida já quis experimentar coisas novas mas acabou voltando para o seu cantinho. Essa sou eu: de volta como colunista no site do TudoRadio após exatos 2 anos.

Era decidido. Eu não queria mais escrever devido as grandes mudanças que o rádio, principalmente em São Paulo passou nos últimos tempos e sinceramente, desanimou o rumo que as coisas tomaram mas, avaliando o andar da carruagem, achei que é bom voltar e por que não ver o lado bom de tudo isso? E assim foi feito: aceitei o convite do Daniel, diretor do TudoRadio para que eu voltasse e aqui estou eu.

Bom, ao longo desse tempo que estive fora do site fui mais ouvinte do que uma crítica na área radiofônica. Ouvi rádio demais: gostei de muita coisa e outras bem...eram tão ruins que desliguei o rádio. E prometi algumas coisas como colunista em 2012:

-Ouvir rádio com o ouvido mais apurado e sem críticas gratuitas;
-Estudar mais os fenômenos do veículo rádio como meio de comunicação;
-Pegar leve nas críticas e também nos elogios aos colegas de dial e profissão;

-Tentar oferecer algumas sugestões como uma contribuição ao rádio brasileiro.

Já vou quebrar a primeira regra: que tal já começar pegando pesado? Em luto? Vamos começar com as más notícias então:

Mit FM chega ao fim em São Paulo

Acompanhei o início e o fim da rádio. É como aquela historinha: vi a plantinha crescer e morrer sem água. MESMO.

Eu era ouvinte serva e fiel da Kiss FM e sou ainda, mas quando a MIT FM entrou no ar , ela vinha na cola de outro projeto de sucesso duvidoso, que era a SulAmerica Trânsito, que este ano completa 5 anos no ar. Era até então uma novidade como rádio customizada e patrocinada pela empresa que dá nome a emissora. A MIT também era assim, aliás no início era Mitsubishi FM, e depois ganhou o apelido carinhoso e o nome MIT FM. Nas primeiras semanas no ar, ela não tinha uma programação definida: tocava uma mistureba de anos 80-90 e com vinhetas feitas a toque de caixa e alguma locução, porque até então não tinha um time de locutores definidos. Até que a direção da Mitsubishi montou uma equipe, definiu quadros e convidados, contratou locutores, fez novas vinhetas e fez uma programação que desafiou o público-alvo, botou o velho e bom pop rock no playlist e ganhou uma porção de fãs nas redes sociais.

Sem nostalgia, passados 4 anos da emissora no ar, foi definido que a parceria entre a Rede Mundial (que detém os direitos da frequência- Vulgo Paulo Abreu ) Band e Mitsibishi não teria continuidade. Pergunta: o que a Mit ensinou neste curto mas intenso período de vida no ar?

Em uma pesquisa feita pelo Jornal Meio& Mensagem, a Mit Fm ficou em sexto lugar entre as preferidas e nenhuma concorrente direta ou de segmento próximo esteve entre as escolhidas. Isso significa que a rádio atingia seu público de forma eficiente e com linguagem jovem e descontraída mas respeitando a inteligência de seu ouvinte e isso, na minha opinião é algo que falta em muitas emissoras do dial paulistano.

A MIT FM apesar de não ter uma potência em seus transmissores, fazia uma programação musical digna de quem cresceu ouvindo os grandes talentos dos anos 80 e 90 e que hoje consome produtos da marca que levava no nome.

Nos últimos três meses, a emissora deu upgrade na audiência mas, nem isso foi argumento para que a rádio permanecesse. Diferentemente da OI FM, que foi um ‘favor’ sair do ar, já que aquela rede de rádio enlatada nada acrescentava ao dial paulistano. Os ouvintes querem interação: seja por redes sociais, um e-mail lido, um prêmio sorteado ou mesmo uma música que tocou em um momento peculiar.

É bom quando uma emissora sai de cena com os melhores elogios e a MIT FM cumpriu seu papel enquanto esteve no ar. Infelizmente, para quem acompanha o site TudoRadio, sabe que o fim da emissora se sobrepôs ao sucesso de mantê-la no ar por causa de interesses comerciais e empresariais e é isso que estraga o sucesso de uma rádio em qualquer tempo e lugar: intere$$es.

Fechar as transmissões com a música Isso é só o Fim do grupo Camisa de Vênus e abrir com ‘Someone Like You’ de Adele (que achei meio tristinho) mostra que a MIT FM foi uma rádio de personalidade até o fim. É por isso que o mercado de entretenimento e de rádio no Brasil é tão instável. Uma pena. E isso é só o fim.

E assim, amigos voltamos a ativa no Tudo Rádio, esperando que venham novas e boas notícias para o rádio paulistano.

Rapidinhas:

Muito de nossos leitores do site são em grande parte admiradores do rádio e muitos gostariam de aprender e saber mais sobre estes profissionais, então vamos deixar aqui dicas de cursos que estão rolando em São Paulo:

Dublagem para Locutores:

Vai acontecer em São Paulo o I Seminário de Dublagem que acontecerá nos dias 5, 12, 19 e 26 de maio de 2012, das 15h as 19h, no coração de São Paulo, na Avenida Paulista, 2.200, em frente ao metrô Consolação.

O Seminário terá palestras de 10 dubladores bastante conhecidos, e contará com a participação especial de dois netos do Orlando Drummond (o Seu Peru, da escolinha do professor Raimundo), que fazem parte da nova geração da dublagem.

Lembrando que para ser dublador é necessário ser ator profissional, formado e com registro do DRT, porém muitos locutores podem assistir a palestra para conhecer mais sobre este nicho de mercado.

Importante: Neste seminário é pacote fechado, ou seja: não há apresentação avulsa de palestras e portanto o valor é único e integral mas pode ser pago no cartão de crédito em até 12 vezes.
Os participantes receberão certificado ao fim do seminário.

Mais informações: www.dubladores.com/seminario

Bate-papo com locutores em São Paulo:

No período de março a novembro, o Senac São Paulo promove a 5ª edição do Encontro com Locutores em 11 de suas unidades, na capital e interior.

O evento promove o encontro entre profissionais do mercado de locução com diferentes características para discutir as possibilidades de atuação, as exigências e os diferenciais de cada perfil profissional.

Em amplo crescimento, a profissão de locutor permite um mercado amplo de atuação. Esse profissional pode atuar em emissoras de rádio, televisão, produtoras de comerciais, como narrador esportivo, mestre de cerimônias, no mercado publicitário e, com a possibilidade de criação de web rádios, qualquer locutor pode criar a sua rádio e divulgá-la na internet e redes sociais.

Mais informações pelo site: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp? tab=00002&subTab=00000&newsID=a19490.htm&testeira=453

Bom, por enquanto pessoal é isso e fique a vontade para enviar seu recado p/ gente!


Tags: MIT FM

Compartilhe!

Colunista
Fernanda Lima

Fernanda Lima é jornalista e radialista. Apresenta e produz programas para as produtoras TalkRadio e I9 Sua Radio. Docente de locução no Senac-SP e sócia da produtora http://www.eccovoz.com.

Blog: http://www.fernandanoar.blogspot.com.br/



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.