Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Terça-Feira, 28 de Maio de 2013 @

Pergunte ao técnico | Comunitárias, Classes, Elementos e Receptores

Tem alguma dúvida sobre como funciona o rádio, porém não tem acesso aos responsáveis por deixarem as nossas queridas emissoras no ar? Não tem problema, nós faremos uma ponte entre você e a área técnica.

Publicidade

Temos o prazer de publicar mais uma edição da coluna “Pergunte ao técnico”, onde o Tudo Rádio procura tirar todas as dúvidas que chegam por e-mail ([email protected] ou [email protected]) sobre escutas, transmissões de rádios, entre outros temas que influenciam diretamente na operação de uma emissora de rádio. 

O papo é com o nosso colunista técnico Diorgenes Lopes, profissional que além de participar frequentemente do Tudo Rádio também atua na área técnica da Rede Globo em São Paulo.
 
Boa leitura!
 
Uma dúvida recorrente de visitantes do Tudo Rádio é sobre a radiodifusão comunitária. Nesse caso é liberada uma faixa para determinadas entidades explorarem esse serviço. A dúvida: não existe a possibilidade de uma rádio “pular” para uma frequência adjacente com a finalidade de não ser atrapalhada (ou driblar) uma outra rádio comunitária?

Cada região possui um canal para exploração do serviço de radiodifusão comunitaria. Mudar o canal para " ir mais longe" é proibido, a não ser que a rádio comunitaria esteja sofrendo interferencias de outra emissora. Neste caso, deve ser feito um pedido a Anatel para a mudança de canal.

Ainda sobre essa mudança de canal, seria uma tentativa da comunitária burlar o limite técnico imposto à esse tipo de concessão? Como é determinado a distância entre essas comunitárias de mesmo canal?

Sim, mudança de canal sem permissão é caracterizado como tentativa de burlar a lei. A lei de rádio comunitária prevê que a emissora deve ter um raio de cobertura de 1Km da sede da emissora. A partir desse raio, outra emissora pode operar no mesmo canal. Existem cidades pequenas com duas ou mais comunitárias operando no mesmo canal.

Caso haja uma mudança (por exemplo: o canal liberado é 87.9 e a rádio pula para 88.1 para evitar outras comunitárias) ela poderá ser penalizada e caracterizada como irregular ou clandestina?

Sim, ela vai ser punida como irregular, pois já tem licença para operar, mas esta em outro canal.

Outra dúvida enviada ao portal: “Opero com transmissor 25W por ser rádio comunitária mais tem uma serra que atrapalha chegar onde precisamos, vocês tem algo que possa me ajudar? “ - Nesse caso esse “local que ele precisa chegar” não estaria liberado à concessão comunitária dele, por isso há um impedimento topográfico? Se ele chegar, poderá estar irregular?

Se ele operar com 25w e antena de 0db ( sem ganho ) ele esta dentro da lei e se ele conseguir cobrir desta maneira outro local ou cidade, não estará fora da lei. O que ele pode fazer é algumas melhorias na antena, para aproveitar ao maximo os 25w.

Dúvida de uma comunitária: “Minha cidade é bem montanhosa e gostaria de saber qual o melhor tipo de antena para minha região: trata-se de rádio comunitária e a antena está 24m de altura em relação ao solo. Atualmente uso uma antena vertical com 2 elementos com 1 dipolo meia onda.” - Nesse caso ele já está dentro das limitações técnicas de sua concessão ou é possível realizar essas mudanças?

Neste caso ele está fora da lei, pois o tipo de antena que ele usa tem mais de 0db de ganho, o que nao e permitido por lei. Para regiões montanhosas o ideal e a antena de polarização circular, com 2 elementos. Além dele ficar na lei, vai conseguir cobrir com eficiência a região.

Como é feita a fiscalização técnica das emissoras regulares? Há sorteio? Ou ela é recorrente?

As fiscalizaçoes são aleatorias, e não são avisadas pela Anatel. Geralmente são fiscalizadas primeiramente emissoras com algum tipo de denuncia.

Pra que servem as classes de potência? E o que seria contorno protegido?

Classe de potência indica com qual potência maxima a emissora pode operar. Cada letra indica uma potencia de operação. O contorno protegido é a distância em relação ao transmissor em que ela, teoricamente,, está livre de interferências.

A distância relacionadas à classes é do contorno protegido?

Isso mesmo, refere-se ao contorno protegido.

Quais aparelhos receptores você recomenda para uma boa escuta de rádios em FM? E no AM?

Os receptores TECSUN E SANGEAN tem se mostrado muito eficientes para a escuta de radios AM e FM, recomendo eles.

Novamente sobre elementos, que é uma dúvida recorrente pelos usuários. O número deles é definido como? Quanto mais, melhor? Geralmente as rádios operam com 4 a 6 elementos na torre. Como definir melhor isso?

O uso de elementos é definido pela Anatel conforme classe de operação, nivel de terreno, altura da torre, entre outros. É um estudo de engenharia bem complexo. Na prática, quanto mais, melhor. Para regiões muito acidentadas ou com muitos prédios, o melhor e ter mais de 6 elementos circulares. Para regiões planas, pode-se utilizar antenas verticais. Mas tudo depende de um estudo para se definir qual a melhor solução.
 
 
Ficou alguma dúvida? Quer participar da próxima edição da coluna? Mande sua pergunta para [email protected]
 
Tags: Comunitárias, concessões, alcance, concessões

Compartilhe!

Colunista
Diórgenes Lopes

Diórgenes Lopes é técnico em eletrônica e estudante de engenharia elétrica. No mercado Lopes trabalha na Rede Globo de Televisão de São Paulo como técnico de projetos e manutenção. Em rádio já teve passagens pela antiga Rádio Oito de Setembro, de Descalvado de São Paulo como Operador de áudio. Participou também de projetos na area de RF da Regional FM, de Descalvado – SP.



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.