Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Segunda-Feira, 17 de Novembro de 2014 @

A sobrevivência do Rádio - Promoções - Parte 3

Terceira parte da conversa sobre o futuro do rádio, com foco nas promoções feitas pelas emissoras brasileiras.

Publicidade

Nas últimas duas publicações, falei um pouco sobre Conteúdo. Dentre todos os mostrados, coloquei alguns que podem exercer efeito negativo contra o veículo Rádio. Das muitas pessoas que me deram feed back, concordando ou não, uma me colocou que falar de Novela é um “Mal Necessário”. Não concordo! Com um mercado totalmente competitivo e com a perda de audiência para determinados meios, o Rádio não está em fase de correr riscos e colocar em sua programação conteúdos que joguem contra o meio. E outra, o que é Mal é Mal. Por que não buscar somente o que é bom para a sua empresa? O empresário de qualquer meio ou atuação, tem de entender que o mal necessário é desnecessário.

Bom, ainda dentro de conteúdo de programação, vou tratar neste texto sobre PROMOÇÕES E SORTEIOS.

Sabe-se que há 10 anos ou mais, os ouvintes ficavam sintonizados e ao lado do telefone esperando o locutor pedir a primeira ligação. Com a vida corrida e uma grande maioria trabalhando e estressada, essa história mudou. Hoje há a necessidade do uso de inúmeras ferramentas de interação, mecânicas fáceis e prêmios desejados para que as promoções possam ter os seus objetivos alcançados.

Vou elencar abaixo, pontos básicos para o bom andamento de uma promoção:

-Escolher prêmios desejados pelos ouvintes, desde que não migre a sua audiência para outro meio.
-Oferecer uma mecânica para facilitar a participação.
-Planejar a divulgação em todos os canais de comunicação da emissora (site, redes sociais, app’s, ações nas ruas, e-mail, etc).
-Determinar inúmeros canais de participação, por exemplo: Redes Sociais, SMS, Aplicativos, Telefone e site.
-Explicar a promoção de forma rápida e clara.
-Criar um Regulamento e publicá-lo.
-Registrar a promoção em órgãos competentes.


Quando se trata de uma mecânica mais simples, ou seja, apenas fazer um cadastro rápido para concorrer, o número de participações será automaticamente maior, pois os ouvintes estão tendo seus dias mais ocupados e estão sempre envolvidos com muitas outras atividades ao mesmo tempo. Àquela velha mecânica de anotar horário de tal vinheta ou tal música e depois enviar para a emissora, além de ser coisa do passado, faz com que o ouvinte se perca e desista de participar.

A promoção tem de existir, principalmente pelo objetivo da manutenção da audiência.

É como se fosse um agradecimento ao ouvinte fiel. Por isso, defendo a facilidade da participação, pois, a conquista de novos ouvintes se dará por uma consequência da boa divulgação da promoção, da atração dos prêmios e principalmente da boa programação. Não adianta sortear 1 Carro, se o ouvinte não gosta do que sua emissora oferece no AR.

No que se refere as formas de comunicação existentes nos dias de hoje, percebo que muitas emissoras estão desconsiderando ou desconhecendo as inúmeras ferramentas oferecidas para interação com os ouvintes.

Mas quero deixar bem claro que, somente abrir o canal não é o suficiente, deve-se haver interação com o ouvinte por mais de uma vez ao dia. Quando falo em interação, é ficar “cutucando” e respondendo o ouvinte para que o mesmo não esqueça da sua emissora e de participar das promoções. A interação deixou de ser somente de ouvinte para emissora há muito tempo. Mas esse já é tema para uma outra publicação.

Vou falar um pouco da escolha do prêmio. Além dos cuidados de pensar no bem estar do beneficiado, a emissora tem de julgar se o prêmio não vai fazer com que o ouvinte desligue o rádio ou deixe de ouvi-lo por um tempo. Apesar de ter passado a febre dos player’s digitais, salvo os celulares, oferecer algo que faça o ouvinte desligar o rádio para ouvir uma play list em um desses tocadores, faz com que a emissora diminua o tempo do ouvinte ligado em sua programação.

Um exemplo básico de um outro prêmio que pode comprometer muito a audiência, é sortear milhares de Cd’s promocionais, mesmo dos artistas que façam parte da programação. No momento que uma promotora entrega um cd, corre-se o risco do ouvinte premiado colocar o Cd em seu Player, e, por alguns minutos ou até horas, a audiência da emissora ser prejudicada, pois esta ação estará agindo diretamente no comportamento do consumidor.

Você acha muito difícil escolher prêmios a partir de agora? Bem, o estudo de um prêmio desejado pode partir de uma pesquisa simples com os ouvintes da emissora. Basta ligar na casa de 50 ouvintes e perguntar: Qual o seu desejo de consumo atualmente? Ao saber da resposta comum de uma maioria, você julgará o quanto pode ser uma ótima oportunidade para sua empresa.

Saber o que o seu ouvinte quer ganhar é fundamental. Em várias situações, uma emissora sorteou um Iphone e a participação foi muito baixa. Isso se deu porque o perfil de ouvintes daquela emissora não estava interessado em ganhar um presente do mesmo tipo.

Agora chegou a hora de passar a mensagem pro ouvinte. E ai? Vamos produzir uma big chamada cheia de efeitos? Nãooooo.

As velhas chamadas, super enfeitadas e com 2 minutos, já não podem fazer mais parte da programação. Em primeiro por que os blocos comerciais de algumas emissoras chegam até 8 minutos, e outro, porque o ouvinte pode perder a atenção da chamada após os 30 segundos da veiculação.

Não estou dizendo para deixar de fazer as chamadas bonitas e enfeitadas, apenas para explicar, num mínimo de tempo possível e de forma clara, como participar da promoção.

No caso de uma chamada, até mesmo para se ganhar tempo, assine-a com a seguinte frase: “confira o regulamento no site”.

Esse é também um dos motivos da existência obrigatória de um Regulamento. Além de explicar a promoção de forma completa, o regulamento tem a função de deixar bem clara as obrigações do participante e da emissora que permitem uma defesa em qualquer questionamento. Ai você me pergunta: precisa montar um regulamento até mesmo para um simples sorteio de ingressos ou kits da emissora? Eu respondo: Sim.

Para encerrarmos esta publicação, e como dica para se ter uma tranquilidade maior no andamento da promoção, pela questão legal e jurídica da empresa, muitas promoções e premiações, devido aos seus valores, formas de aquisição e mecânica, devem ser registradas em órgãos reguladores.

Para os que ainda não conhecem sobre registro de promoções comercias, segue o link: http://www.caixa.gov.br/pj/pj_comercial/mp/promocoes_comerciais/

Na próxima publicação, vou tratar especificamente de envolvimento comercial em promoções e parcerias com artistas.

Quero saber a sua opinião, me escreva: [email protected]

Tags: conteúdo, futuro, investimento, promoções, linguagem

Compartilhe!

Colunista
Cristiano Stuani

Consultor de Marketing e Professor Universitário no Curso de Administração de Empresas. Formado em Administração com Pós em Planejamento e Gerenciamento Estratégico. Foi Diretor de Marketing e Artístico da Rádio Paiquerê FM 98.9 de Londrina, Gestor de Implantação da Rede Kairós FM, além de atuar como assistente de marketing nas Rádios Folha FM 102.1 e Igapó FM 104.5 (ambas em Londrina), com passagem pela coordenação da 98 FM 98.9 de Curitiba (Grupo GRPCOM) e marketing da Rádio Banda B AM 550 FM 107.1 de Curitiba. Atualmente é coordenador artístico da Massa FM 97.7 de Curitiba.



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.