Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Segunda-Feira, 26 de Setembro de 2016 @

Diz aí! | Rádio: 94 anos de evolução e credibilidade

O "Diz Aí" traz um texto de Carlos Alberto Ross (SERT-SC) sobre os 94 anos do rádio.

Publicidade

O rádio chega aos 94 anos, se destacando pela força no Brasil e pelas inovações apresentadas pelo setor. A marca foi alcançada no último dia 25, data conhecida como "Dia do Rádio". O tudoradio.com publica uma coluna de Carlos Alberto Ross, presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de Santa Catarina – SERT/SC, que aborda justamente os 94 anos do rádio. 

Acompanhe:
 
Rádio: 94 anos de evolução e credibilidade - por Carlos Alberto Ross*
 
No dia 25 de setembro, é comemorado o Dia do Rádio, a data se dá devido ao nascimento de Roquete Pinto, pai do rádio. Roquete foi quem fundou a primeira rádio brasileira, em 1923, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Consolidando, em 2016, 94 anos de história.
 
Desde a primeira transmissão, muitas coisas mudaram, as evoluções que aconteceram no meio radiofônico são sentidas até hoje. Essas mudanças possibilitaram a expansão do rádio, fazendo dele um veículo onipresente, está nas casas, nos carros, até nos smartphones, atingindo um novo público. O rádio é ouvido por 89% da população brasileira, segundo pesquisa realizada pelo Ibope Media.
 
O rádio é considerado um dos meios de comunicação com maior credibilidade, não sendo apenas um simples veículo de comunicação, é uma das ferramentas mais econômicas e com resultados garantidos, ágil, interativo, e de fácil acesso. Também desempenha a função de ação social, atendendo os interesses da sociedade, ajudando a resolver os problemas regionais com a troca de informações com os ouvintes.
 
Num período marcado pela transformação, o rádio passa por uma grande mudança: a transição das rádios AM para FM. No Brasil, são 1781 rádios AM, desse total, 1388 rádios já solicitaram a mudança para o FM. Em Santa Catarina, são 109 rádios AM, desse total, 100 já solicitaram a alteração para FM, sendo que o Ministério da Comunicação já autorizou a migração de 53 emissoras de rádio AM, desse total, 5 emissoras são catarinense.
 
O Sindicato de Empresas de Rádio e Televisão do Estado de Santa Catarina-SERT/SC representa a categoria econômica dos radiodifusores catarinenses na esfera judicial e extrajudicial, atualmente conta com 213 emissoras no quadro de afiliadas, sendo 100 rádios FM, 98 rádios AM, 15 TVs, presente num total de 97 municípios.
 
Para o Presidente Carlos Alberto Ross, o rádio acompanha o futuro da comunicação em nosso país, mas deve ser modernizado, sendo implantados novos formatos e a alternância com as plataformas digitais. Feliz Dia do Rádio!
 
 
*Carlos Alberto Ross: Presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de Santa Catarina – SERT/SC.
Tags: Rádio, Dia do Rádio, 94 anos, SERT, SERT-SC, Carlos Alberto Ross, credibilidade, evolução

Compartilhe!

Colunista
Diz aí!

O Diz aí é um espaço que o Tudo Rádio dedica à textos criativos e que contribuem com o crescimento do meio rádio. Se você tem um material que considere ser importante para compartilhar com outros profissionais, mande para a redação do Tudo Rádio dar uma olhada. Após uma análise (sem prazo definido, obedecendo as prioridades da agenda da redação do Tudo Rádio) o texto poderá aparecer aqui, com os devidos créditos. Participe!



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.