Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Quinta-Feira, 17 de Agosto de 2017 @

A sobrevivência do Rádio - A sua rádio na internet

Use a internet como um complemento poderoso para a sua rádio. Esteja nas redes sociais, mantenha um portal próprio, aplicativo próprio e esteja em plataformas como a do tudoradio.com

Publicidade

Bom, para quem ainda vê a internet como um “monstrinho para sua emissora, passou da hora de se convencer do contrário. A rede, com o que ela oferece para crescimento de  uma emissora de rádio, não serve apenas como um canal de transmissão ou divulgação, mas uma fonte de pesquisa muito importante.

Então vou tratar neste texto dos seguintes pontos:
 
-Internet como fonte de pesquisa.
-Internet como forma de transmissão.
-Internet como divulgação.
 
Vamos lá. A internet te oferece milhões de dados importantes para entender o comportamento dos ouvintes e daqueles que gostam de música. Tudo está mudando muito rápido e você não pode perder o time dessas mudanças. Então você me pergunta, como usar a internet para minha rádio, no que se tange a busca de dados:
 
-       Bem, enquanto muitos radialistas encaram o Spotify, Deezer, Youtube, Vevo, entre outros como concorrentes, encare como uma ótima fonte de dados do que realmente as pessoas estão buscando ouvir, porém, vamos ser realistas e tomar todo cuidado possível para entender que, muitos números – digo: visualizações, curtidas... -, podem ser manipulados, mas o radialista precisa somar a sua sensibilidade e crítica do que é bom ou ruim.  E vamos ser sinceros, das muitas vezes que alguns “empresários” ou divulgadores chegaram para mim falando que o novo artista já tinha mais de 2 milhões de visualizações, estava na cara que havia algo estranho.
 
Oops, alguém pode se assustar e pensar: é possível manipular curtidas, visualizações...? Respondo: Sim.
 
-    Outra forma de informação importante que a rede oferece e talvez as emissoras não estejam dado valor, por falta de funcionários ou achar que não é tão importante, é o comportamento de cada ouvinte dentro de suas redes sociais . Você já pesquisou o que faz cada ouvinte que curte sua Fan Page ou te segue no Instagram?
 
 
Enfim, para que esse tópico não se estenda tanto, vou parar nesses dois pontos acima. Lembro que ainda há milhares de possibilidades de busca de números que podem influenciar até mesmo na sua gestão. Por exemplo: Você acompanha todas as notícias, ou pelo menos que sejam de seu interesse, no portal tudoradio.com? Espero que sim.
 
Vamos dar continuidade...
 
A INTERNET COMO FORMA DE TRANSMISSÃO DA SUA RÁDIO.
 
Neste ponto vou implorar pra você: PELO AMOR DE SUA CRENÇA, CUIDE DA TRANSMISSÃO DA SUA RÁDIO PELA INTERNET COMO SE FOSSE PELO AM/FM.
 
Não se iluda com serviços baratos de streaming por pensar que não existe diferença nas formas de transmissão do seu áudio pela internet, pois há.
 
Por tanta experiência em rádio, é simples saber nomes de confiança como Crosshost, Fabricahost, Virtualcast...
 
Mas vamos em frente. Pontos importantes a cuidar com sua transmissão:
 
-Qualidade de som – Muitas pessoas estão ouvindo rádio locais, através da internet e de seus celulares, usando fones de ouvido, por exemplo, que das muitas vezes, não tem qualidade das quais esperamos. Com isso, se o som do seu streaming estiver ruim, o seu ouvinte não vai suportar. Um outro ponto, muitos carros apresentam comunicação Bluetooth com o celular, o que permite ouvir o online pelo sistema interno de som, o que exige uma qualidade superior. Eu mesmo, por muitas vezes estou no transito ouvindo rádios de outras praças pelo streaming do celular.
 
-Estabilidade da transmissão – ninguém suporta um sistema que não se mantem estável. Se a música ou qualquer outro conteúdo for interrompido a cada 2 minutos ou pior ainda, a cada 30 segundos, a sua audiência vai embora.
 
-Não esqueça também, inclua sua emissora em todas as plataformas possíveis de transmissão, mas esse ponto, vou falar melhor já no próximo parágrafo, por ter um envolvimento maior no que se refere a divulgação pelas redes.
 
Então vou passar para o ultimo e quem sabe, o mais extenso ponto deste texto:
 
INTERNET COMO DIVULGAÇÃO
 
Como coloquei há alguns parágrafos atrás, a internet não é seu concorrente. O spotify não é seu concorrente. Vou fazer algumas perguntas básicas:
 
-A sua rádio tem Fan Page?
-A sua rádio tem canal no Youtube?
-A sua rádio tem um playlist no Spotify?
-A sua rádio tem um canal no Deezer?
-Tem Instagram?
-A sua rádio está em várias plataformas de transmissão ou ela se fecha apenas em seu site ou app achando que o mundo vai se fechar com você?
 
Sobre a ultima pergunta, cuidado. Os dias de hoje exigem a soma de forças. Grandes plataformas, inclusive americanas, já sofreram com a tentativa de se fechar dentro de seus sistemas de transmissão. Hoje o ouvinte tem que te achar da forma mais rápida e simples possível. Além de seu site ou app, inclua a sua transmissão por streaming em outros canais. Exemplo:
 
- Portal a App iOS tudoradio.com
- Tunein Radio
- Radios.com.br
- Spotify
- MobiAbert
 
Não é momento de se “achar” o exclusivo. É tempo de deixar os ouvintes te acharem. Ter o maior alcance possível, igual o que já buscamos via ondas FM/AM.
 
Ok, agora vou tratar sobre divulgar sua rádio no Facebook e Instagram, entre outras redes sociais.
Trate essas redes como fontes de investimento de marketing. Por muitas vezes, o investimento é baixíssimo com um resultado altíssimo de envolvimento de ouvintes. Mas não esqueça, busque o mínimo de orientação para criar perfis de investimento dentro das redes sociais. A montagem da estratégia é muito importante para atingir as pessoas certas por custos baixos.
 
E no Google, você já fez um investimento básico? Você sabia que muitos clientes de outras regiões podem achar a sua rádio apenas de uma pequena pesquisa no Google, gerando um maior faturamento para sua emissora?
 
Chegou a hora de também investir nesse tipo de divulgação, não pensando apenas em audiência, mas também no comercial.
 
Bom, tentei abordar o básico de toda uma situação que envolve a sua emissora com a internet e redes sociais. Faltaram muitos outros exemplos do que a internet pode fazer para sua rádio, seja por audiência ou comercialmente.
 
Não esqueça, hoje a sua rádio na internet é tão importante quanto no AM ou FM.
 
Estou a disposição para conversar mais pelo meu e-mail [email protected] ou pelo Whats 41 999 77 82 85.

 

Tags: conteúdo, perfil, segmentação, Brasil, Estados Unidos, audiência

Compartilhe!

Colunista
Cristiano Stuani

Consultor de Marketing e Professor Universitário no Curso de Administração de Empresas. Formado em Administração com Pós em Planejamento e Gerenciamento Estratégico. Foi Diretor de Marketing e Artístico da Rádio Paiquerê FM 98.9 de Londrina, Gestor de Implantação da Rede Kairós FM, além de atuar como assistente de marketing nas Rádios Folha FM 102.1 e Igapó FM 104.5 (ambas em Londrina), com passagem pela coordenação da 98 FM 98.9 de Curitiba (Grupo GRPCOM) e marketing da Rádio Banda B AM 550 FM 107.1 de Curitiba. Atualmente é coordenador artístico da Massa FM 97.7 de Curitiba.



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.