Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Como você, ouvinte de rádio via streaming, classifica esse serviço oferecido pela sua emissora preferida?

Enquete

Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020 @

Migração de rádios AM-FM é intensificada em 2020

Publicidade
As chamadas "novas FMs", rádios que vieram da faixa AM, intensificaram o movimento de transição neste mês de janeiro, com mais de 660 emissoras migrantes. Idealizada em 2013 e com início oficial em 2016, a migração é uma tendência, já que há mutirão entre as emissoras para assinatura de contrato e abertura de operações dentro da faixa que vai de 88.1 FM para 107.9 FM.

O levantamento é realizado pelo sistema dials tudoradio.com, que também informa a classe de operação das FMs, caracterizando o porte técnico das estações operantes. Os dados sintetizam a evolução das rádios, que se mostram atualizadas e prontas para entrar em um novo sistema, que apesar de único, permite crescimento e maior igualdade em questão de qualidade. O apontamento é, certamente, um sinal positivo também para a inclusão dos novos meios digitais para a radiodifusão, incluindo em suas programações a extensão da internet.

O que vemos é uma movimentação muito equilibrada das rádios, e não somente das empresas localizadas nas capitais, mas também aquelas em municípios do interior, que antes operavam na faixa AM. Além disso, é considerável que em 2020 o aumento seja mais expressivo, já que há a expectativa da liberação da faixa estendida do FM (FMe, 76.1 FM e 87.3 FM), importante para mercados com grande utilização da faixa FM tradicional, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Curitiba e Brasília, entre outros.

A relevância dessa movimentação da faixa AM para FM é inegável. É chegada a vez da modernização em todos os setores da radiodifusão e as empresas de rádio não poderiam deixar de participar. Acompanhar as tendências e atualizações do meio radiofônico é fundamental para evoluir e seguir em crescimento nos dias atuais, especialmente guiado por meios digitais. Aprimorar o sistema de distribuição e ocupação da rede FM também é um dos caminhos essenciais para unificar as emissoras em uma faixa de operação de porte técnico renovado.

Tags: Migração, AM-FM, levantamento, 2020, panorama

Compartilhe!

Colunista
Guliver Leão Presidente da Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (Fenaert)



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.