Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Você confia na prestação de serviço e nas informações veiculadas pelo rádio sobre a pandemia da covid-19?

Enquete

Terça-Feira, 25 de Maio de 2021 @

Tecnologia e experiência colocam a nacional Sinteck Next como grande player de transmissores eFM

Publicidade
Desde o início dos primeiros testes na faixa extendida de FM (eFM) a Sinteck Next tem se despontado como o principal fabricante de equipamentos transmissores para esta nova faixa. A empresa traz inovações consideráveis em seus produtos e mostra experiência capaz de convencer até mesmo os mais exigentes clientes que poderiam optar por comprar produtos importados. Presente já em diversas emissoras migradas, a Sinteck tem uma extensa linha de transmissores que pode definir muitas questões na hora da compra de um produto para a nova FM. Não há nada que ofereça um produto importado que não esteja presente em nossos produtos, e continua: desafiamos a qualquer técnico ou engenheiro a apontar algo que falte. A certeza é tanta que impressiona.

Fabricantes de um equipamento transmissor chamado RUS, a Sinteck vem se despontando no mercado nacional há algum tempo, os recursos técnicos presentes nesta linha são realmente impactantes. Os equipamentos possuem processamento triplo que permite que a emissora funcione sempre mesmo em situações adversas. Quem tem um RUS pode dizer isso, não temos nem sequer um cliente que possa dizer que não esteja satisfeito com o produto, com a marca, com o suporte técnico ou que tenha ficado fora do ar possuindo um transmissor RUS.

E realmente, se paramos para observar as características técnicas do RUS nos deparamos com algo fora do normal. Os requintes de tecnologia são tantos que somente possuindo um equipamento poderíamos comprovar aquilo que o fabricante insiste em dizer que são econômicos e robustos.

A linha RUS está totalmente preparada para emissoras que irão trabalhar na faixa extendida: os mesmos módulos que hoje trabalham nas frequências do FM convencional (88-108) servem também para a nova faixa, o que muda é o cabeamento externo somente. Emissoras migrantes que necessitem equipamentos de alta potência, algo em torno a 50kW, a Sinteck tem plenas condições de atender, além dos equipamentos de menor potencia para emissoras de médio e pequeno porte, afirma.

Para aqueles que se interessarem em conhecer mais sobre a Sinteck, o site da empresa dispõe de informações importantes sobre sua linha de produtos e disponibiliza vídeos que oferecem maior nível de compreensão sobre o que a Sinteck fabrica. A Sinteck é uma empresa nacional com sede na capital paulista que vende seus produtos em todo território nacional e é reconhecida como principal fornecedor de transmissores na Colombia, Uruguai, Equador e diversos outros países onde vem a cada dia tomando mais espaço frente a fabricantes europeus tradicionais que segundo a empresa estão se tornando obsoletos por não dedicarem tempo para o desenvolvimento de produtos que ofereçam mais robustez e inovações em conectividade.

Para contatar a Sinteck acesse o site www.sinteck.com.br ou pelo fone 11 20438640.

Tags: transmissores, migração am-fm, FM estendido, eFM, indústria

Compartilhe!

Colunista
Luciano Almeida

Eng. Luciano Almeida, engenheiro mecânico e técnico em eletrônica que trabalha no setor de desenvolvimento de novos produtos na empresa Sinteck Next.










tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.