Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Ao buscar por uma rádio, que tipo de conteúdo você procura?

Enquete

Segunda-Feira, 19 de Setembro de 2022 @

Com uma relação de longa data com o futebol, rádio comemora 100 anos no Brasil

Publicidade
Recentemente, o rádio completou 100 anos desde a sua primeira transmissão no país, sendo este veículo de comunicação responsável por levar informação para os locais mais remotos do Brasil. De lá para cá, esse meio se difundiu pela população, fazendo parte do cotidiano do brasileiro, que acompanha as transmissões de rádio seja em casa, no carro ou até nos estádios de futebol.

 

Em um século de existência em solo tupiniquim, o meio de comunicação resistiu e se adaptou conforme novas tecnologias chegavam até o país. O primeiro conteúdo transmitido através do rádio no Brasil data de setembro de 1922, o discurso do então Presidente da República, Epitácio Pessoa.

O mandatário estava no Rio de Janeiro, sendo que os aparelhos receptores foram instalados em São Paulo, Niterói e Petrópolis. Enquanto isso, a primeira emissora totalmente brasileira foi a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, criada pelo educador e antropólogo Edgard Roquette-Pinto, em janeiro de 1923. Edgard também foi o responsável por possibilitar a transmissão de 1922, por conta disso é tido como o pai da radiodifusão em território nacional.

A Rádio Sociedade Rio de Janeiro tinha como principal intuito fomentar a educação no Brasil e de acordo com Edgard, as transmissões eram a escola daqueles que não tinham acesso à escola. E como na época o Brasil contava com um índice de analfabetismo de 65%, criou-se o hábito da leitura das notícias dos jornais nas transmissões.

Apesar de ter início em 1922, o rádio só se popularizou mesmo no país a partir da década de 1930, quando o presidente Getúlio Vargas sancionou uma lei em que permitia a transmissão de propagandas pelas emissoras. Com isso, as empresas passaram a investir cada vez mais no setor e os aparelhos aos poucos se tornaram mais acessíveis ao grande público.

Já em 1950, foi quando o rádio alcançou sua “Era de Ouro”, onde além dos cantores fazerem um sucesso impressionante, também apareceram as radionovelas e finalmente o futebol tornou-se uma paixão nacional. Essa paixão continua até os dias atuais, e fanáticos pelo esporte o aliaram às apostas esportivas, que hoje em dia podem ser feitas através de plataformas online que oferecem bônus sem depósito para novos jogadores. As casas de apostas virtuais trazem não apenas esse benefício, como também uma grande variedade de disputas para quem quer dar o seu pitaco a qualquer momento, de forma simples.

Emoção no futebol

Milton Neves, um dos grandes comunicadores do Brasil, aponta que inicialmente as transmissões de eventos esportivos, como as partidas de futebol, não tinham qualquer emoção e os narradores tendiam a utilizar um tom neutro. Contudo, o narrador Nicolau Tuma revolucionou as transmissões na época, vibrando com as partidas e tentando levar a emoção dos campos até os ouvintes. Isso acabou lhe rendendo o apelido de “a metralhadora do rádio”.

A partir de 1958, o Brasil contava com pelo menos 400 emissoras, e na época as transmissões de futebol conquistaram todo o país. Foi através da iniciativa Cadeia Verde-Amarela que os ouvintes tupiniquins acompanharam o bicampeonato mundial da seleção brasileira. Nas Copas seguintes, 1962 e 1966, mesmo com os VTs, a maioria do público ainda acompanhava os jogos pelo rádio – contudo, em 1970 as coisas começaram a  mudar.

A partir de 1970, a Copa do Mundo passou a ser transmitida ao vivo pelas telas de TV, e o rádio viu esse novo veículo como uma ameaça. Logo, ele se adaptou e se tornou uma ferramenta complementar, apresentando a narração de jogos e o jornalismo esportivo de ponta.

Essa parceria perdurou até a chegada da internet, onde mais uma vez muitos acreditam que o rádio cairia em desuso. No entanto, o que temos visto é mais uma vez a adaptação desse meio de comunicação, que hoje permeia a internet através de transmissões ao vivo em diversas plataformas, como Facebook e YouTube.

* Por Bianca Rio dos Santos

Tags: rádio, centenário, futebol, transmissão esportiva

Compartilhe!

Colunista
Diz aí!

O Diz aí é um espaço que o Tudo Rádio dedica à textos criativos e que contribuem com o crescimento do meio rádio. Se você tem um material que considere ser importante para compartilhar com outros profissionais, mande para a redação do Tudo Rádio dar uma olhada. Após uma análise (sem prazo definido, obedecendo as prioridades da agenda da redação do Tudo Rádio) o texto poderá aparecer aqui, com os devidos créditos. Participe!










tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.