Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Em 2023, você se imagina ouvindo rádio de que maneira?

Enquete

Segunda-Feira, 02 de Janeiro de 2023 @

A Play da Band caiu. E agora?

Está difícil iniciar um novo projeto, fazer com que ele tenha corpo e cresça de forma saudável. É preciso mudar a cultura do imediatismo

Publicidade
O Grupo Bandeirantes de Comunicação decidiu neste fim de ano de 2022 encerrar a operação da Play FM. E muitos me procuraram perguntando qual era o meu sentimento com esse acontecimento. Alguns deduziram que eu deveria estar com algum prazer com esse fato, já que no passado recente, tivemos um imbróglio de nomes e registros de marca.

Quem acompanhou nosso trabalho, viu que eu tive que me reposicionar para não operar o mesmo nome que a Band se propôs em colocar no mercado. Isso não impediu a gente de seguir com a marca Play, pois temos o registro no INPI tanto quanto a Band. E assim, emissoras parceiras nossas, como Juiz de Fora, Boquim e até uma nova que vai entrar nas próximas semanas com a nossa programação via satélite, vai seguir com o nome Play.

Mas eu notei um espanto de alguns quando eu manifestei o meu lamento com o fim da Play FM da Band.

Isso não é bom para o mercado, de jeito nenhum. Primeiro porque tenho amigos de longa data como Wagner Ferraz, Gislaine Martins, Ricardo Sam que foram figuras que eu cruzei na minha caminhada como locutor em rádio e tenho muito respeito. Fica a minha torcida para o ingresso deles em outra emissora o quanto antes por se tratarem de profissionais de alta qualidade.

Lamento pelo Betinho, figura que não tenho tanta proximidade, mas tenho admiração por ser um cara que se esforça em fazer rádio de qualidade. O fim da Play não é bom porque mostra como está difícil iniciar um novo projeto, fazer com que ele tenha corpo e cresça de forma saudável.

Precisamos nos atentar e buscar novos meios de fazer rádio. Os Estados Unidos mostram inúmeras possibilidades de rádios consolidadas em todos os aspectos. Nós precisamos construir essa cultura por aqui também, que diferente de lá, busca no imediatismo resultados fora da realidade e empobrecem a cultura de rádio no Brasil.

Recado para o mercado, tanto para os profissionais, como para os proprietários: É hora de ter mais planejamento, noção da realidade e até mesmo sangue frio para colher lá na frente o resultado de um projeto vencedor. 24 meses é pouco tempo. E a Play, da Band, merecia mais fôlego e tempo para ir longe.

Tags: Play FM, Play Hits, rádio, operação, mudanças, dial

Compartilhe!

Colunista
Robson Ferri Fundador e diretor executivo da Agência RF / Conteúdo Play. A frente de uma rede com mais de 210 emissoras que executam conteúdos diversos. Habilidade em implementar projetos de geração de conteúdo em larga escala. Criação e gestão de frentes ligadas à conteúdo estratégico para emissoras de rádio, tv e empresas. http://agenciarf.com.br/










tudoradio.com © 2004 - 2023 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.