Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Qual o tipo de conteúdo que você prefere consumir no rádio?

Enquete

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2012 @ 00:00

Nando Moraes

Teste

O Tudo Rádio Visitou os estúdios da Massa FM em Curitiba (PR) e bateu um papo com o diretor artístico da rede de rádio que mais cresceu nos últimos meses no estado. Depois de anos em São Paulo, coordenando artisticamente uma das maiores rádio sertaneja do país, a Tupi FM, Nando Moraes, encarou a dura Missão de posicionar a Massa FM no mercado de Rádio do Paraná.

Paulistano do bairro da Mooca no coração de São Paulo, Nando recebeu o Tudo Rádio e apresentou a estrutura da emissora que mais se destaca no rádio do Paraná, claro que não vamos deixar de falar também de sua passagem pela Tupi FM. 


Nando Moraes, sua imagem ficou fortemente ligada a grande fase da Tupi FM 104,1 de São Paulo, como surgiu o convite para ser o novo diretor artístico da Massa FM?

Foi tudo muito rápido, o amigo Luiz Benite (Diretor Executivo da Rede Massa) já tinha conversado comigo há uns anos atrás, desde a época da Transamérica, para que gente pudesse trabalhar juntos novamente, mas não deu certo, assim que ele assumiu a Massa ele queria alguém para a Direção Artística, o mercado do Paraná talvez não saiba, mas o Benite conhece muito da área Artística sou um admirador do trabalho dele, mas como o foco dele é expansão dos negócios e marca da Emissora, ele sentiu que era hora de deixar alguém no dia a dia do Artístico e depositou essa responsabilidade em mim.
Quando ele me convidou, eu estava voltando ao trabalho na TUPI FM de S.Paulo (Estava cuidando da Rede e morando no Litoral) e aceitei imediatamente, senti que era o momento de sair de São Paulo. 

Quando você assumiu a Rede Massa de Rádio a FM de Curitiba-PR ocupava uma posição incomoda no Ibope, quais foram suas primeiras ações para dar a rádio uma melhor visibilidade artística e se tornar em tão pouco tempo uma das emissoras mais ouvidas na capital paranaense?

 A Rádio estava na incomoda 5 posição, confesso que o sucesso da Radio é a equipe, o time que eu encontrei lá estavam cabisbaixos, posso dizer que apequenados, eram vencedores e profissionais que já tinha conquistado o 1º lugar nas rádios concorrentes,  acho que foi mais o emocional acima de tudo, eles acreditaram na idéia e na minha filosofia de trabalho.   

Hoje a Massa FM ocupa a vice-liderança geral em Curitiba. Qual o segredo do sucesso para um crescimento tão rápido da rádio?

Como disse o mérito não é meu, e sim da equipe, eles que buscaram esse resultado, acreditaram no seu potencial e foram à luta.

Quais foram às mudanças necessárias para que a Massa FM assumisse esse padrão de qualidade visível na plástica da emissora?

(risos) Você vai insistir nessa pergunta até quando? (Risos) A Rádio fala por si, quem ouve já sabe, e eu sou apenas uma peça dessa engrenagem.
A rádio parou de imitar o formato das concorrentes e criou seu próprio DNA.


Mas tem concorrente que copia o tal DNA da Massa!

Ah é? Não sabia! Bom, se copiam é porque gostam do trabalho de minha equipe.

Quando você chegou a Curitiba, muitos diziam que você faria uma copia da Tupi Fm de São Paulo, mas escutando a Massa a gente percebe que é outro estilo, afinal, a Tupi FM tinha a sua cara ou a cara do Enio Roberto?

Tinha a cara de São Paulo, o Rádio que o Enio formatou em São Paulo foi baseado no mercado de lá, eu seria imprudente em copiar um formato de outra região, ainda mais de São Paulo onde é completamente diferente, o radio em Curitiba é outro mundo.
Hoje a Massa Fm não tem minha cara, tem a cara do Paraná.

Você como um dos grandes profissionais do rádio, tem algum segredo para desempenhar um trabalho na direção de uma emissora?

Obrigado pelas palavras, mas me sinto em um patamar muito abaixo ainda dos grandes nomes do Rádio, como Enio, Biasi, Siqueira, Braga, Vaguinho... Tenho muito ainda para aprender, segredo? Posso dizer que o segredo é trabalho, muito trabalho!

Por ser um mercado de muita vaidade existe muito profissional mau caráter?

(risos) Oh loco Porto, você ta pegando forte, hein?
(Ficou em silencio) Em qualquer profissão existe o bom e o ruim, os bons eu conheço alguns e os ruins conheci também, mas em São Paulo, aqui é Curitiba o povo me recebeu bem.

Você tem grandes amigos no rádio?

Tenho pouquíssimo é claro, mas são grandes amigos.

O seu trabalho na Massa FM é muito comentado no meio, principalmente no Paraná, onde os profissionais estão tendo a oportunidade de conferir as grandes mudanças que você fez no mercado, pensa em voltar a trabalhar e uma grande rádio de São Paulo?

Meu foco está no Paraná, em Curitiba, Maringá, Cascavel, Londrina, Litoral e Campos Gerais, têm um projeto com o Benite muito bacana e está apenas no começo.

São Paulo é o maior mercado de profissionais de rádios do país, está entre os maiores do mundo. Como foi a mudança para um mercado até então desconhecido por você?

Não era desconhecido, estava me preparando para isso, lá na Tupi FM comentavam que tinham um projeto comigo, o único que tinha projeto comigo era o Enio, o resto é conversa, trabalhei em Santos-SP , Fortaleza-CE, sabia que mais cedo ou mais tarde teria que sair de São Paulo, e vejo isso como a coisa mais natural do mundo.
Não tinha espaço pra mim em São Paulo, na Tupi FM tem o Enio que é o melhor de todos no meio, pegou a TUPI FM toda torta em 2007 e hoje a rádio é esse fenômeno, hoje eu brinco com Enio, digo a ele, temos um Paranaense fazendo historia em São Paulo e um Paulistano procurando seu espaço no Paraná, é a lei da vida!
O mercado aqui é muito difícil, quem vê o crescimento da Massa FM pensa que é fácil chegar aonde chegamos, só que quando eu cheguei aqui e vi os números dos concorrentes eu pensei caraça que números são esses, a Caiobá FM tinha 21 mil ouvintes da 2ª colocada e 30 mil da 3ª colocada, puts onde eu fui amarrar meu burro? 
Enfrentar a Caiobá, 98FM, Clube entre tantas não é fácil, eles possuem uma coisa que a Massa não tem a tradição, ótimo sinal, um som bem melhor que o nosso e grandes comunicadores.
A Massa é muito nova, foi Band FM, Estação FM, Melodia, esse projeto deu inicio em 2006 e muitos ainda não sabem diferenciar o nome Massa de Rede Massa SBT (Canal de TV do mesmo Grupo)

A briga pela audiência em Curitiba difere-se muito em relação ao mercado de São Paulo?

Em São Paulo nos últimos 6 anos é Nativa – Tupi e Tupi – Nativa, aqui é 98 e Caioba, Clube, Jovem Pan, Ouro Verde,  aqui o buraco é mais em baixo.
Gosto da Pan, da Mix, CAiobá, 98FM e até a Clube que só copia a gente.

Percebo que a postura da Clube FM copiar a Massa te aborrece, esto certo?

Não me aborrece, o que me deixa às vezes chateado é soltar no mercado que a Radio A ou B paga o IBOPE, a pesquisa Ibope é seria demais, não acredito que Rádio A, B ou C está tanto tempo na ponta porque paga Ibope, são comentários de quem não conhece o trabalho do instituto, comentário pífio, sem lógica e sem base.
A Caiobá está em 1º Lugar a quase  4 anos, sei lá ? Se estiverem é porque fazem o melhor para isso.
Aí a Radio D cai para 5º e faz comentários assim?
Só foi um desabafinho! (risos)

Acompanhamos no ultimo final de semana o Curitiba Country Festival e percebemos que a Massa foi muito forte pra esse evento, conte pra gente essa  mudança de posicionamento da emissora?

Não ouve mudança de posicionamento, a Massa sempre esteve junto aos grandes eventos, a Massa se ausentou do Country Festival uns 4 anos, e agora acertamos essa parceria com a CWB Eventos, colocamos um Estúdio Avançado dentro do Expotrade em Pinais-PR, transmitimos 10 horas de programação diretamente do evento e posicionamos mais de 30 profissionais no dia, foi muito bacana interagir com essa galera.
Fizemos isso porque Curitiba estava respirando Sertanejo, nossa rádio esteve lá, porque onde está esse povo a Massa sempre estará.

E a Rede Massa, em Maringá vocês conquistaram o 1º lugar em vários filtros, inclusive no publico 25+ , é um resultado mais do que expressivo, como está às outras emissoras da rede?

Maringá absorveu com mais rapidez as mudanças necessárias da Radio, Londrina recentemente melhoramos o nosso som, lá o coordenador é o Eduardo, em Cascavel-PR contratamos o André Lui que é velho conhecido da Empresa, no Litoral temos o Kadu e agora vamos inaugurar nos próximos dias a Massa FM Campos Gerais, a rede cresce lentamente e já é a maior do Paraná, muitos novidades vem por aí, nesse projeto o Luiz Benite é o craque, ele cuida da expansão, estratégia e eu desenvolvo o Artístico de toda a Rede.

E o Luiz Benite, assim como você também foi um grande comunicador, dirigiu a Rede Band Santa Catarina, Transamérica Hits (Foi o grande responsável em criar a Rede) ele interfere em seu trabalho, afinal como você mesmo disse, ele conhece tão bem a área artística?

Pelo contrario, apesar de conhecer muito, ele sempre me deixou a vontade, conversamos muito sobre estratégias, quando ele me convidou deixou bem claro, que era pra eu desenvolver meu trabalho, gosto muito de seu posicionamento, ele assim como eu é um tarado por rádio! 
O Luiz Benite faz parte da nova geração de Lideres que não grita, nem dar murro na mesa, não gosta de aparecer pra mostrar sua a liderança.
O trabalho do Benite poucas pessoas de fora percebem, mas dentro do Grupo todos sabem que ele é o grande responsável pelo crescimento da marca Massa, inclusive se ele não acreditasse em meu trabalho, eu não estaria aqui.

A Massa FM é rádio para chegar ao 1º lugar?

Essa resposta eu não sei, precisam avisar a Caiobá FM, quem sabe eles possam estar a fim de trocar, ne? (risos) Mas o trabalho é de posicioná-la entre as 3 mais ouvidas do Estado, uma parte do projeto já foi almejado.
A 98 pra mim é uma radio redondinha e a Caiobá é uma grande equipe, muito difícil tomar o lugar delas, trabalham certinhos, e sabem o que estão fazendo, aqui em Curitiba não tem bobo.

Mas depois de 25 anos, o mercado de Radio Curitibano conhece um novo 2º lugar, o primeiro ta perto?

Pelo ao contrario, está muito longe, acredito que muito mais longe do que o caminho que percorremos para chegar até aqui, as concorrentes  não estão ai de graça, gosto demais do trabalho do João da 98.   

A Tupi é o grande veiculo de radio do Brasil hoje, e vc fez parte dessa historia, sonha em fazer da Massa o grande veiculo do Pais ?

Seria muita pretensão de minha parte, até porque a Massa Fm está no Paraná, e São Paulo é o principal núcleo de radio do País, e a Tupi FM é dirigida pelo o melhor que eu já trabalhei.
O Posicionamento da Tupi Fm no mercado de rádio do Brasil me credenciou a chegar aqui, tenho mais que certeza que, se não tivesse passado por lá e feito o que fiz, não estaria aqui, devo a Tupi FM.

Aqui no Tudo Rádio chegaram algumas informações que sua ida para o Paraná fazia parte de um projeto do Enio em ir depois, uma espécie de preparação de terreno, como você encara um comentário desse, te deixa chateado?

(Risos) As pessoas dizem por que sabem que eu fui um das pessoas que mais influenciaram a vinda dele a Tupi FM, eu soube da sua contratação dias antes de todos, até antes do próprio Enio, nunca disse isso, mas estou falando agora.
Como trabalhei muito tempo com ele, e o mercado espera novidades, eles ficam plantando essas coisas.
Nada disso procede, o Enio Roberto tem vida longa na Tupi FM, faz um trabalho espetacular, ta fazendo historia, como foi na Radio Cidade.

E as Mídias Sociais, o que você diria delas no Rádio?

Usar ferramentas como Face e Twitter são ferramentas bacanas, mas não quero que minha emissora e equipe sejam reféns disso, poucos comunicadores de Radio no Brasil sabem usar essas ferramentas, tem que tomar muito cuidado, pois se não souber se posicionar a mídia social vira seu maior adversário dentro da própria emissora.
Acho bacana Locutor ter Face, Twitter, e usa-la moderadamente, mas tem uns caras aí que vai fazer a barba e coloca no twitter.
Tem locutores que usam para ótimas causas, por exemplo, a Simone Rigotti da Clube FM de Brasília-DF usa o Twitter dela para proteger os animais, denunciando mal tratos, esse tipo ação eu sempre aprovei.
Eu uso meu Twitter pra sentar o pau na diretoria do meu clube de coração, uso a ferramenta pra conversar com amigos que compartilham comigo essas coisas.

Pra encerrar, quais seus novos planos a ser desempenhada a frente da Massa FM?

Trabalho, trabalho e muito trabalho e um pouco mais de trabalho! (risos)

Nando, o Tudo Rádio agradece a oportunidade de conversar com você mais uma vez e abre aqui um espaço para deixar uma mensagem pro todos os ouvintes da Massa FM?
 
Amigos do Tudo Radio, mais uma vez obrigado, gosto demais dos conteúdos do site, e cada ano que passa o trabalho de vocês esta cada vez mais consistente, isso os credenciam para muito mais coisas bacanas do meio.
Espero que criem em breve um memorial de emissoras históricas, tenho coisas da radio Cidade, Metropolitana e outras emissoras que eu passei.
Fica a dica pra vocês, abram um espaço para nos que amamos o veiculo radio possamos nos encontrar anualmente para conversarmos e trocarmos idéias sobre o radio. 
Forte abraço Porto, Daniel e toda equipe!       

Tags: Massa FM, Tupi FM

Compartilhe!

Teste
César Porto

César Porto é jornalista e radialista. Iniciou sua carreira em São Paulo com passagem pela rádio Iguatemi AM da Rede Mundial, entre outras FMs da capital. Atualmente est? na Minas FM 91.5 do Sul de Minas Gerais. Participa da equipe do Tudo Rádio.com desde 2008.



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.