Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Como você, ouvinte de rádio via streaming, classifica esse serviço oferecido pela sua emissora preferida?

Enquete

Quarta-Feira, 15 de Julho de 2015 @ 00:00

Fabio Ritter (Grêmio Rádio Umbro)

Conheça um pouco mais sobre o projeto Grêmio Rádio Umbro, presente no dial FM de Porto Alegre
Teste

O Tudo Rádio segue com a série de entrevistas que apontam novos projetos e trajetórias de destaque no meio rádio. Hoje temos o prazer de publicar o bate-papo com Fabio Ritter, profissional que atua como gerente comercial do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. O assunto é futebol? Não deixa de ser, porém a idéia é destacar o planejamento adotado pelo clube no projeto Grêmio Rádio Umbro, uma das novidades do dial FM da Grande Porto Alegre em 2015.

Acompanhe os detalhes sobre a rádio do Grêmio. Boa leitura!

Como surgiu o projeto de rádio do Grêmio? O projeto era destinado apenas à internet?

Surgiu em 2007, voltado apenas para a web com as transmissões das partidas do clube. Em 2013, adicionamos a plataforma mobile através do aplicativo oficial do clube, no sistema Android e iOS. Neste ano, através de uma parceria com a 90,3 e o patrocínio máster da Umbro, iniciamos o projeto no FM. Assim, estamos atualmente nas três plataformas com alcance mundial das nossas jornadas.

E qual era o resultado da rádio quando o projeto estava voltado apenas à internet?

7 mil ouvintes por jogo. Hoje estamos em 20.000.

Como vocês chegaram a perceber a necessidade de ir para o FM?

Foi uma demanda do nosso cliente, o torcedor. Constantemente monitorando as redes sociais e a ouvidoria, percebíamos esse desejo do nosso consumidor. Com o patrocínio da Umbro tornamos esse sonho possível.

E esse projeto de ida ao FM foi feito como? O projeto foi reformulado e passou a contar com parcerias comerciais para rentabilizar a rádio?

A rádio foi sim remodelada. A partir da confirmação da Umbro como parceira, passamos a executar um projeto de reformulação rebatizando a rádio como Grêmio Rádio Umbro. Contratamos dois ídolos do clube, Mazaropi e Carlos Miguel, para serem comentaristas. Além de entenderem do assunto como ninguém, são dois comentaristas que falam a língua do torcedor e conhecem o clube como poucos. A campanha foi desenvolvida buscando inserções no dia de jogo, através de mídia no telão e no Guia da Partida (programa do jogo gratuito entregue em todos os jogos na Arena); uso massivo das redes sociais do clube, Facebook e Twitter, além de publicidade estática nos backdrops da sala de imprensa e jornais da cidade. Após a chegada do técnico Roger, utilizamos ele como garoto propaganda ao vesti-lo com o agasalho com o logo da rádio nas partidas.

Qual foi a principal diferença percebida pelo Grêmio após a ida do projeto de rádio para o FM (em relação ao público)?

Por mais que a web/mobile tenham um alcance interessante, é na FM que ele se torna massivo e expressivo. Estar no dial foi fundamental para tornar o projeto relevante e chacoalhar o mercado de rádios esportivas do estado. Notamos uma interação 300% maior nas redes sociais em dias de jogos falando sobre a rádio. Além disso, em conversas pessoais com os torcedores notamos uma identificação muito grande deles com o veículo. Após a ação do agasalho do Róger, tivemos um apelo muito grande pela criação de uma linha de artigos esportivos da rádio. Dividimos com a Umbro a demanda e estamos em processo de desenvolvimento da mesma. Foi um resultado imediato para a marca que já pode ter nessa linha um retorno imediato em vendas do investimento feito no patrocínio.

E como é o trabalho entre FM e a internet? Existe conteúdo exclusivo para alguma das modalidades de transmissão?

Não, o mesmo conteúdo é transmitido nas três plataformas, contemplando cerca de 4 horas de transmissão a cada jogo.

A Grêmio Rádio Umbro divide a frequência 90.3 FM com uma rádio cujo projeto é bem distinto ao que foi desenhado pelo clube. Como é essa convivência no dial com a Felicidade Gospel?

A Rádio Felicidade tem um dial muito interessante para o clube. O 90,3 faz parte de uma série de ações que fizemos com o 1903, ano de fundação do clube. Temos a Hamburgueria 1903, a Revista 1903, a Paleteria 1903 entre outros projetos. Assim, a rádio Felicidade se encaixou perfeitamente neste programa, já que tirando o numeral 1, temos no 90.3 o nosso ano de fundação.

Sobre a programação ser distinta, fizemos questão de comunicar isso ao torcedor. Sempre deixamos claro que a Grêmio Rádio Umbro funciona apenas em dias de jogo, iniciando 1 hora antes do jogo e finalizando 1 hora depois. Dessa forma, deixamos claro que utilizamos uma janela dentro da programação da Felicidade.

E quais são os próximos passos da Grêmio Rádio Umbro? É planejada alguma nova expansão do projeto?

O projeto da Grêmio Rádio Umbro sempre visou ser sustentável. Somente iniciamos essa migração para a FM após contar com o patrocínio da Umbro para viabilizar o projeto inicial. Construímos assim o alicerce da rádio. Hoje já erguemos paredes e estamos decorando essa casa com o apoio dos patrocinadores: Telharsul, Premiere e Harman, além dos apoios da Gatorade e Hospital Mãe de Deus. A prova que o projeto está dando certo é que nesta semana dois novos patrocinadores e um apoiador foram confirmados e serão anunciados oficialmente em breve. Com isso, poderemos finalizar as melhorias técnicas para aprimorar o sinal, que é nosso objetivo nesta primeira fase de investimentos. Também usaremos desta verba para incrementar nossas campanhas de marketing e fazer crescer a audiência da rádio. Essa fase precisa ser atentamente executada para que possamos pensar nos próximos cenários da rádio.

Quais os horários de programação ao vivo na internet e também no dial FM?

Início sempre 1 hora antes dos jogos e finalização 1 hora depois.

Tags: Grêmio Rádio Umbro, projeto, entrevista, dial FM, internet

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é empresario, jornalista e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 17 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como consultor nas áreas artística e digital.



Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.