Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Você ouve música no rádio e em mais alguma outra mídia?

Enquete

Segunda-Feira, 30 de Abril de 2018 @ 00:00

Ursula Nogueira

Teste

O tudoradio.com publica nesta virada de abril para maio uma entrevista exclusiva com Ursula Nogueira. A profissional é a diretora de esportes da Rádio Itatiaia FM 95.7 AM 610 de Belo Horizonte, estação que é uma das referências esportivas na América Latina.

Ursula conta em detalhes a execução do projeto de esportes da Rádio Itatiaia, com destaque para o envolvimento do trabalho no rádio com as mídias digitais e também a cobertura/transmissão da Copa do Mundo FIFA 2018.

Acompanhe!

 

Ursula! Agradecemos a atenção com os leitores do tudoradio.com. Vamos pelo início... como você começou em rádio e quais foram os seus passos até a Rádio Itatiaia?

Cheguei aqui por acaso. Comecei na Rádio Itatiaia como telefonista, em 1996, através de uma agência de empregos. Fiquei no departamento de telefonia durante um bom tempo. Fui para a Rádio Extra FM, que fazia parte da Rede Itatiaia, como atendente de estúdio. Em seguida, fui chamada para cobrir as férias da ex-secretária de esportes. O diretor presidente da emissora, Emanuel Carneiro, gostou do meu trabalho e me chamou para trabalhar como secretária no departamento de esportes, após a saída da profissional que exercia o cargo. Em maio de 2011, assumi a coordenação do departamento. 

 

Ocupa desde quando a posição de Diretora de Esportes da Rádio Itatiaia?

Desde junho de 2016. Com a minha promoção à diretoria, o redator e editor Michel Angelo, que está na Itatiaia há 21 anos, assumiu a coordenação de esportes.

 

A Rádio Itatiaia está entre as potências do rádio esportivo na América Latina. Essa posição vem desde quando e como foi possível se tornar essa referência?

Não há uma fórmula mágica para explicar o sucesso da Itatiaia. Tudo que se faz com muita entrega, trabalho e competência.. A equipe de esportes é hoje, sem dúvidas, o primeiro time do rádio. Rádio se faz com amor à camisa e conhecimento de causa! Aqui nós vivemos o esporte 24 horas por dia. Temos profissionais acompanhando os times mineiros onde eles estiverem, em qualquer canto do mundo. Cobrimos todos os treinos, jogos, coletivas e viagens. Além disso, a Itatiaia cobre os principais eventos esportivos, como Copa do Mundo, Jogos Olímpicos, Jogos Pan-Americanos e Copa América. 

 

A emissora tem investido muito em transmissões em plataformas digitais. Como isso tem beneficiado o produto futebol na Rádio Itatiaia?

As plataformas digitais não são mais coisas do futuro. Já são realidade. A Rádio Itatiaia está cada vez mais inserida nesse mercado. Apenas no Twitter, já são mais de um milhão de seguidores que acompanham diariamente as postagens da emissora. Hoje, os seguidores querem a notícia em tempo real e isso passa diretamente pelas redes sociais. Estamos online 24 horas por dia e, evidentemente, a notícia não tem hora para acontecer. Além disso, temos o aplicativo que faz a transmissão da nossa grade de programação. Sabemos que a maioria das pessoas hoje é adepta das plataformas digitais e precisamos qualificar o nosso produto em todos os segmentos.

 

Os números da audiência online tem superado a expectativa de vocês no planejamento da Rádio Itatiaia? Como foi possível alcançá-los?

Nós trabalhamos o tempo todo para superar as nossas marcas. A zona de conforto não faz parte da família Itatiaia. Sempre queremos mais. Sempre damos importância ao que os mercados comercial e esportivo e os nossos ouvintes querem. Sempre existe um novo projeto ou uma nova ideia que colocamos em prática. A credibilidade da rádio foi conquistada com anos de muito trabalho. A fidelidade de nossos ouvintes nos faz alcançar números altos na audiência. Hoje, mais do que nunca, os nossos ouvintes, independentemente da faixa etária, estão conectados 24 horas por dia.

Nossa expectativa tem sido superada.  Recentemente, a Itatiaia bateu o recorde de audiência na internet. No dia 4 de março, durante o clássico entre Atlético e Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro, alcançamos a marca de 42 mil ouvintes simultâneos online. Além disso, fomos a primeira emissora de Minas Gerais a atingir a marca de um milhão de seguidores no Twitter. Para que isso acontecesse, firmamos parceria com uma empresa renomada do mercado para reestruturar toda a parte online, a AM4 Inteligência Digital, do diretor Marcos Carvalho. E essa parceira vem nos proporcionando resultados excelentes.

Falando a linguagem online, nosso público é muito orgânico, assim como o avanço das tecnologias. Da mesma forma que a pessoa que escuta rádio, hoje, está nas redes sociais. Quem escuta a Itatiaia está, também, nas nossas plataformas digitais. Isso é natural! Nossos ouvintes querem sempre participar da nossa construção, por isso, se engajam em tudo o que fazemos. Não à toa, nossos números são incríveis também em interatividade.   

O nosso grande desafio não é bater marcas de seguidores e, sim, fazer um trabalho de qualidade e credibilidade para eles.

 

A Rádio Itatiaia já consegue comercializar essa audiência online e os demais conteúdos destinados à internet?

Sim. A comercialização de audiência é uma consequência da própria audiência. Os clientes querem mostrar a sua marca em empresas sérias e líderes no segmento. Hoje, a interatividade online dá resultados muito positivos. Temos projetos para divulgação no site, posts específicos nas redes, entre outros. 

Esse é um trabalho que sempre deu certo no dial, pelas mãos do nosso Diretor de Mercado, Carlos Rubens Doné, e foi migrado já com sucesso graças à sua competência e credibilidade no mercado. A parceria digital com a AM4, que tbm foi iniciativa do Carlos Rubens, uniu forças para seguirmos sendo potencial em todo lugar que colocamos nossa marca. 

Temos cases de 4 milhões de impacto em campanhas onlines, além de projetos especiais feitos unicamente para o digital. É um espaço que pode ser tanto extensivo quanto autônomo, e a usamos em todas as possibilidades: nossa programação do rádio está lá, mas junto com outras propostas feitas exclusivas para o online.

 

E como tem se comportado a audiência esportiva? Ela acompanha as transmissões via plataforma off-line e também online? Como ela opta por cada “ambiente”?

Há 62 anos, antes pelo fundador Januário Carneiro e agora pelo nosso Presidente Emanuel Carneiro, é certo que a credibilidade da emissora é feita por todos que estão no microfone no exato momento. São profissionais que falam pela emissora e através dela. A audiência é diversificada em todos os programas pelo conteúdo, classe ou faixa etária. Muitos ouvintes,  quando se mencionada a palavra Itatiaia, a primeira lembrança que se tem é sobre futebol..  Cada dia que se passa, a audiência esportiva só melhora. A audiência do esporte é tanto no rádio convencional, quanto no online. Prova disso é o recorde de 42 mil ouvintes online simultaneamente em um clássico. O pico maior em audiência é em jornadas esportivas. A Itatiaia tem 94% de share entre as emissoras que transmitem futebol (Audiência Média dos últimos seis meses – Domingo de 16h ás 19h - Sexo: ambos – Grande Belo Horizonte – Emissoras com Transmissões esportivas. Fonte: Kantar Ibope Media).  

 

O “delay” na transmissão online em relação ao FM/AM não é mais percebido pela audiência ou ele não existe mais?

Esse delay depende de vários fatores. O provedor é um deles. Normalmente, com um bom provedor e condições favoráveis, conseguimos até 4 segundos em relação ao FM/AM.

De acordo com o nosso supervisor técnico, Allan Carvalho, o equipamento (celular ou PC), a rede de dados do usuário e a quantidade de usuários conectados influenciam muito nesse delay.

Pode acontecer, por exemplo, de uma pessoa se conectar e haver um delay inicial de aproximadamente 2 segundos. No entanto, com o passar do tempo, esse delay vai aumentando, quase de forma imperceptível, e dependendo do período de conexão, aproxima-se de 10 segundos.

Nosso provedor atual, segundo o Supervisor de TI da Rádio Itatiaia, Luiz Lima,  tem um delay de até 4 segundos. Áudio e imagem ficam “casados”, excelente pra quem quer assistir TV e ouvir a Itatiaia.

 

A Rede da Rádio Itatiaia disponibiliza transmissão esportiva e também jornalismo? Como está a cobertura desse trabalho por Minas Gerais?

No Jornalismo as transmissões são de nossos programas, porque não têm muito evento narrado como é no Esporte. Mas semanalmente fazemos cerca de 5 Lives com algum dos nossos programas do jornalismo no Facebook, para que as pessoas vejam, também, como são os nossos bastidores e recebam a notícia em um outro formato. 

Além disso, eventos importantes como o Julgamento do Lula, fazemos posts na redes sociais em tempo real. 

Esse tipo de ação aumenta nosso alcance e fideliza ainda mais nosso ouvinte, que sabe que a informação que ele precisa vai estar em todas as plataformas, adaptadas à elas.

 

A Rádio Itatiaia vai novamente cobrir a Copa do Mundo. Como será esse trabalho? E como ele impacta para a marca? Como é esse impacto durante e depois o torneio? O retorno financeiro e de audiência é positivo em projetos como esse de Copa do Mundo? 

Faremos a cobertura da Copa do mundo com a preparação direcionada pelo vice-presidente da Radio Itatiaia, Cláudio Carneiro. Somos emissora licenciada pela Fifa. O trabalho da Copa está sendo construído há meses. Estaremos na Rússia com 16 profissionais. São três narradores, quatro repórteres, dois comentaristas, um supervisor técnico, um tecnólogo de TI, dois operadores de externa, um intérprete, o nosso vice-presidente e eu. Ficaremos um mês na Rússia. Será uma das maiores coberturas do rádio esportivo brasileiro. 

O impacto pra marca é gigante! Somos licenciados pela Fifa para transmitir os jogos e isso mostra o comprometimento com o nosso ouvinte! O investimento foi muito alto e temos patrocinadores parceiros que sempre querem vincular sua marca a esse grande evento. Que marca não quer ter seu nome citado em um jogo de Copa do Mundo pela Rádio Itatiaia? 

 

Minas Gerais tem mantido os times de Belo Horizonte em destaque nos cenários nacionais e internacionais, com conquistas recentes importantes. Como isso auxilia o esporte da rádio? Ou na baixa de algum time a audiência ainda tende a crescer? Como se lida com o momento dos times?

Isso nos ajuda muito! Quando os times estão em boa fase, tudo favorece. A torcida, que é movida pela paixão, acompanha até “jogo de purrinha” se o time do coração estiver disputando. Quando não estão em boa fase, a cobrança sobre o time reflete também na nossa rotina. Na derrota, por exemplo, o torcedor quer ouvir a coletiva do técnico, quer ouvir os programas seguintes para analisar a repercussão do jogo e avaliar nossos comentaristas. Nosso foco, nesses casos, é muito voltado para o pós jogo.  Na vitória é diferente! O torcedor se preocupa mais em comemorar! Por isso, precisamos focar na transmissão da partida. Independentemente da fase do time, a Itatiaia está sempre acompanhando o clube. Onde tem ouvinte a Itatiaia está sempre presente. O futebol move sociedade, comunidade e famílias. E levamos a nossa voz, através do microfone forte da Itatiaia,  com informação por todo canto do mundo.

 

E para finalizarmos, qual a importância da audiência AM da Rádio Itatiaia? Ela segue relevante ou boa parte já migrou para o FM e online?

O AM ainda é muito importante para a Rádio Itatiaia, ou melhor, para o rádio em geral. A frequência de amplitude modulada leva a informação da emissora para qualquer lugar do estado, algo que o FM não faz. Não somos uma rádio de Belo Horizonte, somos a Rádio de Minas e, por isso, precisamos e valorizamos tanto o AM. 

Muitas pessoas consideram o AM como algo ultrapassado e sem audiência para os mais jovens. Isso é um erro. O AM está onde o FM não está e, muitas vezes, onde nem mesmo a TV, quem dirá a internet. 

Como qualquer outro setor da comunicação, o rádio acompanha a globalização. É inevitável que a cada dia que se passe, o FM e o online ganhem mais atenção, mas o AM ainda tem seu lugar garantido por algum tempo. 

Tags: Rádio Itatiaia, futebol, Ursula Nogueira, Copa do Mundo, Belo Horizonte, transmissão, online, audiência

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é empresario, jornalista e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 17 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná.

tudoradio.com © 2001 - 2018 | Todos os direitos reservados
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 18h – seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.