Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O áudio digital está crescendo em consumo. Isso inclui o streaming das rádios. E ai? Os streamings das suas estações preferidas estão...

Enquete

Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2013 @ 09:25

Profissional da Rádio 730 é agredido durante cobertura em Goiânia

Goiânia – Abert e Sert de Goiás repudiaram as agressões ao radialista

Publicidade
O radialista Rubens Salomão, da rádio 730 AM 730 de Goiânia, foi agredido na quarta-feira enquanto fazia a cobertura do movimento de greve de policiais civis, que ocupavam a Assembléia Legislativa de Goiás. Além do radialista, a jornalista Rosana Melo, do jornal O Popular, também foi vítima de agressão.
 
De acordo com as informações do blog Cleuber Carlos, o jornalista relatou durante a um programa da rádio que foi até a Assembleia para falar com deputados sobre a invasão do plenário. Como não encontrou nenhum na casa, começou a tirar fotos dos manifestantes ocupando o local para o site da emissora.
 
Rubens contou que pelo menos dois policiais começaram a agredi-lo verbalmente, dizendo que o profissional não era a favor e que estaria atrapalhando o movimento deles. Em seguida, relatou o repórter relatou, a agressão física. “Tentaram me puxar pra tirar do plenário, quando eu tirei o celular para tentar fazer um vídeo do que estava acontecendo, da agressão que eu estava sofrendo. Um policial mais audacioso tomou o celular da minha mão, e começamos uma discussão”, afirmou.
 
O Sindicato das Empresas de Radio e Televisão do Estado de Goiás (Sert-Go) e a Associação Goiana das Emissoras de Rádio e Televisão (Agoert), repudiaram, em nota, os atos de agressão física e verbal dirigidos ao radialista Rubens  Salomão e à repórter Rosana Melo. Segundo a nota, “a hostilidade demonstrada por alguns participantes do movimento grevista se mostra herdeira da cultura de truculência e censura implantada nos piores momentos das ditaduras por que passou a Nação, enfática e definitivamente rejeitada pela sociedade brasileira”.
 
Outra entiade que repudiou a agressão foi a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), que afirmou que “todo ato de intimidação a profissionais de imprensa deve ser rechaçado - e seus autores responsabilizados - por atentar contra a liberdade de imprensa e o direito do cidadão à informação”.

Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.

Tags: Rádio 730, agressão, cobertura, rádio, Goiânia

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.