Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Ao buscar por uma rádio, que tipo de conteúdo você procura?

Enquete

Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2014 @ 14:57

Abert cobra MiniCom sobre regulamentação da migração das rádios AMs

Brasília - Radiodifusores aguardam regulamentação para migrar rádios AM para FM

Publicidade
O presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Daniel Slavieiro, cobrou do Ministério das Comunicações a regulamentação das regras para que as rádios AM possam migrar para a faixa FM, conforme o decreto da Presidência da República de novembro do ano passado. A expectativa era de que o governo publicasse a portaria ministerial regulamentando a migração em janeiro. 
 
O presidente da Abert esteve nesta quarta, 22, reunido com Genildo Lins, que ocupa interinamente o cargo de Ministro das Comunicações, e ouviu que o tema é prioridade do ministério. Segundo ele, Genildo garantiu que a regulamentação deve sair assim que Paulo Bernardo voltar de férias, no começo de fevereiro.
 
Segundo Slaviero, o objetivo da regulamentação é detalhar as regras de como devem ser apresentados os pedidos de migração, a fim de padronizá-los. Além disso, com todos os pedidos padronizados a Anatel poderá estimar o número de rádios que vão migrar em cada município e verificar onde será necessário usar as faixas 5 e 6.
 
Os empresários que detêm outorgas para rádios AM veem na migração a chance de recuperarem a audiência e a receita de publicidade que perderam nos últimos anos. Segundo Slaviero, o investimento para a migração será de R$ 80 mil a R$ 100 mil – para a compra de um novo transmissor e antena – e a Abert, assim que a regulamentação estiver concluída, vai buscar linhas de créditos especiais para os pequenos empresários realizarem a migração.
 
Requerimentos feitos antes da regulamentação podem não valer
 
Diversas emissoras estão protocolando requerimentos para a migração, na intenção de terem seus pedidos atendidos antes. A iniciativa pode não ter o resultado desejado, já que somente após a regulamentação é que será conhecida a padronização do requerimento. Além disso, muitos radiodifusores estão indicando os canais para onde desejam migrar, sob a alegação de que houve estudos por parte de engenheiros da própria emissora. 
 
De acordo com o advogado especialista em radiodifusão, Rodolfo Moura, do escritório Moura e Ribeiro Advogados Associados, não há previsão se o requerimento feito antes da regulamentação possa valer. “Eu acho válido o protocolo se, na regulamentação, existir algum critério de ordem cronológica,  até porque o decreto deu um prazo de um ano a contar de sua publicação. Entretanto, para quem apresentar o pleito agora não há risco. Pode ser apenas que ele venha a ser arquivado no futuro”, explicou.
 

Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.

Tags: Migração, rádios, AMs, MiniCom, Abert, Brasília

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP e como jornalista na Hot 107 FM 107.7 de Lençóis Paulista/SP e na Jovem Pan FM 88.9 e Divisa FM 93.3 de Ourinhos. Também é advogado na OAB/SP e membro do Comitê Jurídico da AESP e da Comissão de Direito de Mídia da OAB de Campinas/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.