Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O áudio digital está crescendo em consumo. Isso inclui o streaming das rádios. E ai? Os streamings das suas estações preferidas estão...

Enquete

Segunda-Feira, 10 de Março de 2014 @ 07:41

Um dos motivos para manter Voz do Brasil no ar é desmistificado pelo Ibope

Brasília – Segundo levantamento, 66% dos brasileiros nunca ouvem o programa, contrariando os defensores de sua veiculação

Publicidade
A Pesquisa Brasileira de Mídia, realizada pelo Instituto Ibope, a pedido da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), apontou um dado importante que pode influenciar na votação do projeto que flexibiliza a transmissão do programa A Voz do Brasil. Segundo o levantamento, 66% dos pesquisados não ouvem o noticioso em nenhum dia da semana. Essa informação desmistifica também os defensores do programa, que dizem que o noticioso tem grande importância para regiões mais afastadas do Brasil, como a Norte. Porém, essa é uma das regiões que concentram maior índice de não-ouvintes do programa.
 
De acordo com a pesquisa do Ibope, 66% não costuma ouvir o programa em nenhum dia da semana. Outros 15% ouve pelo menos um dia. Apenas 4% afirma que ouve o noticioso todos os dias. Os números impressionam ainda mais quando são detalhados por estados. 80% dos pesquisados em Goiás nunca ouviram o programa. O alto índice também foi observado na região Norte (tida como a que teria mais ouvintes no Brasil). Tocantins registra o maior percentual de não-ouvintes (75%). Neste estado, apenas 1% ouve o programa diariamente.
 
No Amazonas, que é um dos estados que os defensores da atração dizem mais consome A Voz do Brasil, 56% não ouve nenhum dia. Dos pesquisados no estado, 6% ouve todos os dias e 17% duas vezes por semana. De todos os estados, Santa Catarina apresenta o maior número de pessoas que ouve o programa diariamente (9%). Apesar disso, 55% disse que nunca ouve.
 
Esse levantamento é importante para mostrar oficialmente que o programa A Voz do Brasil, no molde que é apresentado hoje, não tem a abrangência que é demonstrada pelos defensores do programa. Nem mesmo a Região Amazônica tem a audiência que se acreditava ter. O formato que é feito hoje, impondo-se uma rede de rádios às 19 horas, perdeu a eficiência e fez apenas que o ouvinte se afastasse da atração.
 
Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário contam hoje com emissoras próprias de TV em sinal aberto e rádios, muitas delas com redes em plena expansão (como é o caso da Rádio Senado e Rádio Câmara). Além disso, o programa A Voz do Brasil é veiculado ao vivo, inclusive com imagens dos estúdios, pelo site da EBC Serviços
 
O projeto de lei que flexibiliza o horário da transmissão do programa tramita no Congresso Nacional há vários anos e segue em compasso de espera para votação dos deputados. Para esta semana, mais uma vez, o projeto não apareceu na pauta de votação da Câmara dos Deputados.
 

Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.

Tags: Rádio, pesquisa, Ibope, Presidência, Voz do Brasil, Brasília

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.