Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Você confia na prestação de serviço e nas informações veiculadas pelo rádio sobre a pandemia da covid-19?

Enquete

Quinta-Feira, 23 de Julho de 2015 @ 09:23

Instituto Ibope vai fazer aferição da TV digital em Rio Verde (GO)

Rio Verde – Pesquisa começa nesta sexta-feira (24) e terá sequência em Brasília

Publicidade
A pesquisa de aferição dos 93% de alcance da TV digital será iniciada nesta sexta-feira, 24, no município goiano de Rio Verde, que terá o sinal analógico desligado ainda este ano. A metodologia foi aprovada nesta quarta-feira, 22, na reunião mensal do Gired, grupo de implementação da digitalização da TV. O levantamento estará a cargo do Instituto Ibope que, entre os dias 10 e 19 de agosto, fará a aferição também em Brasília. A meta é desenvolver uma metodologia para aferir a cobertura de receptores com capacidade de TV digital. É importante lembrar que o desligamento da TV analógica faz parte do processo de migração das rádios AMs que irão para o dial FM estendido.
 
Segundo o presidente do Gired, Rodrigo Zerbone, essas pesquisas-piloto servirão para validar a metodologia do levantamento, porém os resultados que serão levados em conta para autorizar o switch-off da TV analógica serão alcançados em uma segunda pesquisa, que será realizada em período mais próximo da data do desligamento. O resultado da levantamento em Rio Verde será examinado já na próxima reunião do grupo.
 
Outra decisão tomada na reunião desta semana foi a forma de distribuição dos conversores e antenas para os beneficiários do Bolsa Família em Rio Verde. Ficou acertado que será por meio de um centro de distribuição, onde as pessoas recolherão os equipamentos. O presidente do Gired disse que a entidade administradora (EAD) informou que a RFP (Request for Proposal) para a compra das 14 milhões de caixinhas ainda não está concluída, mas garantiu distribuir os conversores em Rio Verde já com o Ginga C. "Não será diferente da configuração aprovada, apesar do tempo curto", disse Zerbone.
 
Nos próximos dias, disse o presidente, o Ministério de Desenvolvimento Social deve assinar o convênio com a Anatel para liberar informações do cadastro do Bolsa Família para a distribuição das caixinhas e antenas. As conversas com o MDS e a Caixa Econômica Federal também orientarão problemas na distribuição, especialmente para pessoas que forem receber os equipamentos em nome dos beneficiários.
 
Ainda em Rio Verde serão realizadas as medições do sinal para saber se é possível trocar a antena externa por interna em alguns bairros. Zerbone ressaltou que esse modelo não será repetido em Brasília e São Paulo, em função da dimensão dessas cidades, mas poderá ser utilizado em outras cidades pequenas.
 
Durante a reunião do Gired nesta quarta-feira houve ainda debates sobre a campanha de divulgação, com apresentação de peças pela agência contratada pela EAD, a Young&Rubicam.
 
Vale ressaltar que o desligamento da TV analógica é esperado pelas emissoras de rádio AM que irão migrar para a faixa estendida do dial FM. Essas rádios irão ocupar as frequências correspondentes aos canais 5 e 6 da TV analógica (76 FM a 88 FM).
 
Com informações do Tela Viva
 

A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Rádio, migração AM, Minicom, Brasília

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.












tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.