Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O que a sua rádio preferida deve fazer na programação durante a pandemia da covid-19?

Enquete

Segunda-Feira, 31 de Agosto de 2015 @ 12:58

VEVO emite carta para esclarecer situação sobre declaração contra rádio

Curitiba – AERP recebeu resposta da empresa ressaltando que houve “interpretação equivocada” da entrevista de sua diretora

Publicidade
A Associação de Emissoras de Rádio e Televisão do Paraná (AERP) recebeu uma carta-resposta assinada pela coordenadora de Comunicação da VEVO, Fátima Scudeler, esclarecendo o mal-entendido criado depois do posicionamento da associação com relação a uma entrevista da diretora-geral de operações da VEVO no Brasil, Fátima Pissarra, em matéria veiculada pelo jornal Meio&Mensagem (edição de 25 de maio de 2015), em que ela teria “menosprezado” o rádio na divulgação de artistas. O nome do cantor Luan Santana foi envolvido na polêmica e ele chegou a dar declaração de apoio ao rádio no domingo (23) no programa Domingão do Faustão, da Rede Globo.
 
A VEVO esclareceu que usaram o cantor Luan Santana como “benchmark” para mostrar que não tem mais isso de que música de trabalho é na rádio, tem de ter liberdade para subir conteúdos. Para ela, mesmo com o avanço do digital, os artistas nacionais ainda são presos ao processo antigo de música de trabalho, música que tem de estar no vídeo clipe, música da rádio etc. ‘É uma tendência antiga…’”. A carta-resposta redigida pela VEVO à Aerp diz que o intuito da afirmação da diretora-geral “foi justamente mostrar que, além dos meios tradicionais, hoje, o meio digital, oferece alternativas que ajudam a potencializar a divulgação dos trabalhos. Ou seja, os meios se complementam. Inclusive Pissarra reforça na entrevista ‘A penetração digital ainda é muito baixa'”.
 
De acordo com a direção da AERP, com a ideia melhor explicitada no contato feito pela VEVO, a entidade e a empresa se colocam em sintonia com os conceitos mais atuais desenvolvidos pela comunicação no mundo. Como a associação ressalta em seu manifesto, “deixemos de lado conceito antigo, entendendo que o respeito, a integração, o compartilhamento e a criatividade fazem parte de nosso meio. Seja ele qual for, esteja onde estiver, sempre”.
 
Confira abaixo a íntegra da carta-resposta da VEVO à Aerp.
 
Carta Resposta à Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná
 
Ref.: Post realizado no portal AERP em 13.08.2015.
 
Prezados Senhores:
 
Serve a presente Carta Resposta, para manifestar o posicionamento da VEVO e seus colaboradores, acerca do post em epígrafe, realizado em nome da AERP.
 
Inicialmente cabe-nos esclarecer que, a carta contendo a manifestação desta respeitável Associação, que teria sido encaminhada à Diretora Geral da VEVO no Brasil, Sra. Fátima Pissarra, conforme mencionado no post em questão, não foi recebida pela mesma ou por qualquer colaborador da VEVO até o presente momento. Mesmo considerando tal fato, passamos à manifestação acerca do conteúdo do post, conforme abaixo.
 
Ressaltamos inicialmente que, houve uma interpretação equivocada das afirmações contidas no depoimento em questão, pois, em momento algum, a Sra. Fátima Pissarra afirmou que o crescimento do mercado digital de música, seja em detrimento dos meios já consolidados de divulgação do mercado da música, tais como o rádio e a televisão. O intuito de sua afirmação foi justamente mostrar que, além dos meios tradicionais, hoje, o meio digital, oferece alternativas que ajudam a potencializar a divulgação dos trabalhos. Ou seja, os meios se complementam. Inclusive Pissarra reforça na entrevista “A penetração digital ainda é muito baixa”.
 
A VEVO tanto acredita e fortalece o potencial de divulgação das Rádios, que possui parcerias de grande sucesso com veículos de rádio no Brasil.
 
Esclarecemos ainda, que a matéria “Seguindo a Trilha” do jornal “Meio & Mensagem”, publicada no dia 25.05.2015, trata especificamente sobre o crescimento do mercado digital, o que pode ser verificado, logo no seu subtítulo “Mercado fonográfico finalmente acorda para a força do digital em seus lançamentos”.
 
Na matéria objeto do post em questão, há outros profissionais do ramo da música que, em seus respectivos depoimentos, corroboraram com a ideia central do depoimento concedido pela Sra. Fátima, ou seja, de que as plataformas digitais, são uma nova alternativa de divulgação do trabalho dos artistas, compartilhando inclusive o exemplo do artista Luan Santana como benchmark de sucesso da divulgação de seu trabalho também no meio digital, sem, contudo, minimizar a grande importância do veículo rádio, não só no Brasil, como em todo o mundo.
 
Tendo sido esclarecido o mal entendido, prezaríamos pela divulgação de nosso posicionamento na página do portal da AERP, para que todos tenham ciência do verdadeiro intuito do depoimento prestado em nome da VEVO do Brasil.
 
Atenciosamente,
 
Fátima Scudeler – Communication Coordinator
 
Tags: Rádio, AERP, Vevo, Luan Santana, Curitiba

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...







Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.