Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O que a sua rádio preferida deve fazer na programação durante a pandemia da covid-19?

Enquete

Quinta-Feira, 10 de Setembro de 2015 @ 09:24

Universidade Federal do Rio de Janeiro sediou congresso de Ciências da Comunicação

Rio de Janeiro - Pesquisadores brasileiros participaram da discussão sobre o rádio e a mídia sonora

Publicidade
Pesquisadores de todas as regiões do Brasil reuniram-se no Rio de Janeiro entre os dias 4 e 7 de setembro para debater o rádio. O encontro do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação no 28º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação ocorreu na Universidade Federal do Rio Janeiro. 
 
Entre os destaques do encontro, estão as mesas que abriram os trabalhos do Grupo: “O Legado de Zita de Andrade Lima” e “Migração e Perspectivas para o Rádio AM”. Estas mesas uniram debates oriundos da academia e do mercado da comunicação, permitindo questões como o potencial do rádio para o desenvolvimento regional e a situação do rádio diante dos desafios do processo de migração do rádio AM para canais FM. 
 
A primeira mesa contou com treze pesquisadores de rádio que apresentaram trabalhos sobre uma das pioneiras nos estudos do meio no Brasil. Os textos reunidos integram a coletânea "Radialismo no Brasil - Cartografia do Campo Acadêmico (Itinerário de Zita, a Pioneira)", organizada por José Marques de Melo e Nair Prata e publicada pela editora Insular. A obra reúne textos originais da autora, que embora tenham sido originalmente publicados na década de 1960 mantém sua atualidade, e leituras diversas sobre sua trajetória e suas contribuições para o rádio brasileiro.
 
A segunda mesa foi composta por representantes de emissoras públicas (Marcos Gomes, coordenador da Rádio Nacional AM 1130 do Rio de Janeiro e Liara Avellar, coordenadora da Rádio MEC AM 800 também da capital fluminense) e comerciais (Creso Soares Jr, coordenador de Programação da Rádio Globo FM 98.1 AM 1220), da Associação das Emissoras de Rádio e TV do Rio de Janeiro (Hilton Alexandre, vice-presidente de rádio) e da academia (Luiz Artur Ferraretto, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul). A composição tanto da mesa quanto do público permitiu um olhar sobre o processo de migração tanto no rádio comercial quanto no rádio público brasileiros, apontando as vantagens e desvantagens deste processo.
 
Nos demais dias, mais de cem pesquisadores e profissionais de rádio de diversas instituições brasileiras e argentina discutiram a mídia sonora sob diversas perspectivas. A interface com esporte, a cobertura jornalística de acontecimentos, a relação com a audiência, os desafios no cenário contemporâneo, o modelo de negócio, o mercado fonográfico, a exploração de formatos e estética inovadores estão entre alguns dos temas debatidos em busca de uma compreensão mais ampla da produção sonora e de suas perspectivas.
 
O evento configura-se como um fórum que reúne estudiosos do meio anualmente para buscar conhecer e discutir o meio, indicando desafios e analisando seu posicionamento diante das realidades que se lhe impõem.
 
Colaboração Débora Cristina López
Tags: Rádio, reunião, congresso, radiodifusão, Rio de Janeiro

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...







Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.