Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Seja pelo celular, rádio do carro ou receptor tradicional… você já tem algum receptor de rádio com FM estendido (a partir de 76.1 FM)?

Enquete

Quinta-Feira, 17 de Março de 2016 @ 07:46

Exclusivo: Justiça Federal determina apreensão de equipamentos de transmissão da Rádio Vida

São Paulo – Ação também prevê multa em caso de volta da programação da emissora

Publicidade
O Tudo Rádio noticiou no dia 18 de fevereiro a ausência do sinal da Rádio Vida FM 96.5 na Grande São Paulo, situação percebida pelos ouvintes desde o dia 15 do mês passado. A emissora foi alvo de uma ação judicial ajuizada pelo Ministério Público Federal, sendo que foi cumprido por Oficial de Justiça, em conjunto com a Anatel, um mandado judicial para a apreensão de todos os equipamentos da Rádio Vida (do sistema irradiante e dos estúdios da FM). Segundo o documento da ação, a emissora desrespeitou “as medidas administrativas de interrupção, lacração e apreensão de equipamentos realizados pela autarquia e restabeleceu o funcionamento”. Os responsáveis pela emissora também serão multados.
 
Em outubro passado a Rádio Vida retornou a operação no dial FM, conforme relatos de vários ouvintes (transmissão que também foi constatada pelo mercado). Na ocasião a própria emissora emitiu notas em redes sociais confirmando o retorno das operações, além de uma retransmissão no Rio de Janeiro. Essas informações constam no processo atual, como provas de que a emissora estava no ar entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016. Após o retorno em 96.5 FM, a rádio chegou a ter a sua audiência novamente medida pelos institutos de pesquisa, inclusive chegando a alcançar posições de destaque no ranking FM. 
 
A ação dos órgãos públicos busca garantir a interrupção da operação da Rádio Vida em 96.5 FM, fato que já era uma prerrogativa das autoridades antes de outubro passado. Com o descumprimento por parte da emissora, o Ministério Público Federal fixou uma multa diária de R$ 50.000,00 durante o período de descumprimento das medidas anteriores, tendo o dia 2 de outubro como data inicial. Os proprietários da estação também tiveram multa fixada em R$ 1.000,00 por dia a partir da mesma data. A ação também pede a fiscalização e ações administrativas contra a rádio a cada 15 dias, para garantir que a estação não retome as operações na Grande São Paulo.
 
As operações realizadas pela Anatel para retirar a Rádio Vida do ar sempre foram informações públicas, devido as manifestações realizadas pela própria rádio através de seus canais em redes sociais. .

Emissora se posiciona através de nota

No início do mês, quando a 96.5 FM já não era mais captada pelos ouvintes na Grande São Paulo, a direção da Rádio Vida FM se manifestou publicamente através da página mantida pela FM na rede social Facebook. Através de uma nota de esclarecimento com data de 1º de março, a emissora confirma a ocorrência de operações da Anatel que a retiraram do ar em vários momentos nos últimos dois anos. Também afirma que a emissora buscou com base numa lei que existia em 1995 a mudança do local da torre da 96.5 FM (de São José dos Campos para Mogi das Cruzes), porém o pedido foi negado. A FM afirma que nos últimos quinze anos conseguiu operar a partir da Grande São Paulo com base numa liminar.

A emissora destaca também que a 96.5 FM é uma frequência “cobiçada por muitos” e que “apesar de todos os prejuízos que envolvem milhões de reais, e mesmo sem termos uma igreja mantenedora deste nosso ministério, continuaremos lutando para reconstruir tudo que foi destruído, e permanecer em Mogi das Cruzes”, afirma a nota. O texto em questão está em destaque na página da Rádio Vida no Facebook (que conta com mais de 700 mil seguidores). O texto pode ser acompanhado na íntegra neste link.
 
Entenda o caso “Rádio Vida”
 
A Rádio Vida FM é pivô de um processo que envolve o Ministério Público Federal de São Paulo e a Anatel. No final do mês de abril de 2015, a Folha de S.Paulo veiculou uma matéria informando que a Justiça Federal havia entrado com pedido de interrupção das transmissões da emissora captada entre a Grande São Paulo e o Vale do Paraíba. Segundo a Anatel a 96.5 FM é uma concessão originada para São José dos Campos, principal cidade do Vale do Paraíba. Porém a 96.5 FM tem o seu sinal repetido a partir de uma estação de grande porte instalada na Serra do Itapeti (acima dos 1.100 metros), em Mogi das Cruzes. Essa situação possibilitava uma cobertura de sinal local para a Rádio Vida na Grande São Paulo, onde segundo a Anatel não há qualquer operação licenciada para a sintonia 96.5 FM. Também havia operação a partir de São José dos Campos, local de origem da emissora.
 
Em junho passado a emissora foi retirada do ar, situação que deveria ser definitiva segundo as autoridades envolvidas no processo. Porém ouvintes e o mercado acompanharam o retorno das transmissões em outubro do ano passado, conforme já relatado nesta matéria.
 
Sinais em FM da Grande São Paulo – Veja e ouça on-line o que é sintonizado: clique aqui.
 

A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Rádio, Vida FM, programação, MPF, São Paulo

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...









tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.