Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Seja pelo celular, rádio do carro ou receptor tradicional… você já tem algum receptor de rádio com FM estendido (a partir de 76.1 FM)?

Enquete

Quarta-Feira, 27 de Abril de 2016 @ 07:44

Panorama: Interferências atingem FMs entre a Grande Campinas e a região de Piracicaba

Campinas - Transmissões clandestinas avançaram no interior paulista e atrapalham FMs comerciais em suas áreas de atuação

Publicidade
Interferências de transmissões clandestinas não é algo novo na região de Campinas. Porém uma situação tem chamado a atenção de ouvintes e do mercado local: FMs comerciais legalizadas passaram a conviver com "vizinhas clandestinas" em suas áreas de atuação. Por exemplo: rádios sediadas em Campinas estão dividindo espaços com FMs supostamente irregulares que atuam em frequências adjacentes em municípios integrantes da região metropolitana campineira. Antes as interferências das estações irregulares atingiam predominantemente emissoras de outras regiões que possuem cobertura na Grande Campinas. Acompanhe:
 
Vários visitantes do Tudo Rádio estão relatando a presença de FMs supostamente clandestinas em diferentes cidades da Grande Campinas, sendo algumas delas em frequências vizinhas às FMs locais. A Antena 1 FM 107.5 tem o seu sinal prejudicado em alguns bairros de Hortolândia e Paulínia, cidades que contam com interferências originadas de estações que não estão listadas nos sistemas de distribuição de canais da Anatel. Em Hortolândia há a operação de uma FM em 107.7 FM, frequência que é ocupada por outra estação desconhecida em Paulínia. O fato também atrapalha a Kiss FM 107.9.
 
Outro fato que chama a atenção dos ouvintes são os portes dessas transmissões indicadas como possivelmente clandestinas. Existem relatos de abrangência de várias estações desconhecidas em um raio superior a 50km em linha reta, ou seja, algumas FMs irregulares possuem uma abrangência regional superior a de várias FMs comerciais/legalizadas que operam na região.
 
O Tudo Rádio também recebeu relatos de uma emissora operando em 100.9 FM na região de Sumaré, estação que chega a atrapalhar as propagações de sinais de rádios regulares como Jornal FM 100.7 de Limeira, Mix FM 101.1 de Campinas e Jovem Pan FM 100.9 de São Paulo. É possível que a transmissão seja originada nos arredores de Piracicaba, segundo sintonia de ouvintes. O relato recebido pelo portal é um dos exemplos de como o espectro FM da Grande Campinas está cada vez mais congestionado (não só pelo grande número de captações de FMs legalizadas, mas também devido a transmissões irregulares).
 
Conflitos
 
Para se ter uma dimensão do problema, o ouvinte interessado na questão pode fazer um teste simples. Ao trafegar pelas rodovias Anhanguera ou Bandeirantes sentido interior, basta sintonizar uma FM da capital paulista. A partir da altura do quilometro 70 (região do Hopi Hari, entre as cidades de Itupeva, Jundiaí, Louveira e Campinas) note que o sinal originado da capital é substituído por uma transmissão desconhecida. A mudança no que é captado pelo ouvinte é brusca, ou seja, se o espectro estivesse limpo seria possível sintonizar a determinada FM de São Paulo por mais alguns quilômetros sentido interior.
 
A mesma situação se aplica no sentido contrário, com FMs potentes do interior tendo o seu sinal interrompido de forma abrupta por outra transmissão desconhecida. E infelizmente esse quadro não é uma exclusividade no eixo São Paulo-Campinas, ou seja, também é uma realidade presente em centros como Rio de Janeiro, Vale do Paraíba, Belo Horizonte, Brasília, Sorocaba, entre outros locais.
 
Gire o dial FM - Veja e ouça on-line a lista de FMs regulares captadas nas regiões citadas na matéria. Escolha: Grande Campinas, Região de Piracicaba, Grande Sorocaba e Grande São Paulo.

A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Rádio, clandestina, interferência, Campinas, São Paulo

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...









tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.