Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Sexta-Feira, 10 de Maio de 2019 @ 09:33

Estações públicas criam Ibepec em reunião do Fórum Nacional de Emissoras em Brasília

Brasília – O Ibepec ficará responsável por buscar os meios de execução, cuidando de aspectos jurídicos, legais e, inclusive, comerciais da produção

Publicidade

As emissoras públicas de rádio e televisão do país se reuniram em Brasília nesta quinta-feira (9), onde foi oficialmente apresentado, durante reunião do Fórum Nacional de Emissoras Públicas de Rádio e Televisão, o IBEPEC (Instituto Brasileiro de Empresas Públicas de Comunicação), com o qual dividirá responsabilidades na condução do futuro da radiodifusão pública. A criação do instituto tem como objetivo a busca de uma maior presença na sociedade, ao mesmo tempo em que ganham fôlego para o cumprimento de suas metas. 

"O Fórum continuará a existir como nosso ente principal, reunindo as demandas de Estado das emissoras públicas, definindo as prioridades nas políticas de atuação e as necessidades perante o governo federal. O Ibepec fica responsável por buscar os meios de execução, cuidando de aspectos jurídicos, legais e, inclusive, comerciais da produção", afirmou Sérgio Kobayashi, vice-presidente do Fórum Nacional e que está à frente do IBEPEC, aos representantes das principais emissoras públicas do país.

A vice-presidência do instituto será exercida por Danilo Magalhães, procurador jurídico do Estado de Mato Grosso do Sul há 14 anos –a maior parte deste tempo na Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul)–; tendo como secretário-geral o diretor de Rede da TV Cultura de São Paulo, Fábio Borba, que exerce a mesma função no Fórum que segue presidido por Bosco Martins, diretor-presidente da Fertel.

O primeiro ponto de atuação do IBEPEC é o de viabilizar o trabalho conjunto das emissoras, com maior integração das equipes inclusive na apresentação de produtos. "A TV Cultura hoje abrange 80% do território nacional, logo, temos de cada vez mais ter a cara do Brasil", explicou. Nesse sentido, programas como o Vitrine Brasil e o AgroCultura já foram elaborados pensando em respeitar a regionalidade dos programas, tanto pela linguagem como pelos profissionais envolvidos.

A avaliação contou com respaldo dos dirigentes das empresas presentes, como Ana Cristina Cavalcante, da TV Ceará. "O respeito ao regionalismo fortalece o papel das emissoras públicas", disse, apontando ali a visibilidade para a pluralidade do país.

Com informações do Midia Max

Tags: Rádio, rádio pública, IBEPEC, Fórum, Brasília

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...


Mais tudoradio.com

tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.