Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Seja pelo celular, rádio do carro ou receptor tradicional… você já tem algum receptor de rádio com FM estendido (a partir de 76.1 FM)?

Enquete

Terça-Feira, 28 de Setembro de 2021 @ 07:30

Tendências | Relatório aponta 'Inovação necessária' para acompanhar a mudança dos hábitos da mídia

São Paulo - Participantes da pesquisa classificaram o rádio local em primeiro lugar em clareza e fatos

Publicidade

O provedor de tecnologia Futuri publicou o resultado de um levantamento detalhado sobre tendências e oportunidades para rádio, televisão e publicação digital. Com base em uma nova pesquisa com 2 mil americanos, “O Futuro do Público e da Receita” também pesquisou 200 executivos de mídia e conduziu grupos de discussão com 100 consumidores de mídia.

Uma pesquisa mostrou como a pandemia afetou os negócios da mídia nos Estados Unidos. Trabalhando com SmithGeiger, os pesquisadores entrevistaram executivos do setor: 77% disseram que sua empresa perdeu receita de publicidade desde o início da covid-19. Outros 73% disseram ter funcionários trabalhando em casa, 35% disseram que suas responsabilidades mudaram e 44% tiveram demissões ou redução do quadro de funcionários.

Um dado que importa ao meio rádio, aponta que quase 6 em cada 10 entrevistados (57%) disseram que assistiram mais conteúdo de streaming durante os últimos meses, 54% estão usando mais a tecnologia para se conectar com outras pessoas, 51% estão assistindo mais televisão, 48% estão usando mais mídia social, e 30% estão ouvindo mais rádio AM / FM local.

O estudo constatou que a confiança está diminuindo em grandes instituições, como as grandes redes de TV. Nenhuma delas conquistou a confiança de mais da metade dos entrevistados. Por outro lado, os participantes da pesquisa classificaram o rádio local em primeiro lugar em clareza e fatos (45%) entre uma seleção de marcas de áudio e impressão (incluindo impressão digital). 

As marcas de jornais locais ficaram em segundo lugar, com 44%. E a transmissão de rádio continua sendo a principal fonte de notícias relacionadas à pandemia para a maioria (65%) dos americanos em famílias com renda superior a US $100 mil dólares.

O estudo também descobriu que as pessoas estão usando a mídia cada vez mais como meio de consolo ou escapismo da incerteza do mundo de hoje. Entre as conclusões que Futuri tira do estudo é que a percepção da mídia está mudando à medida que as definições convencionais se confundem.

A pesquisa

O levantamento foi conduzido no final da primavera até meados do verão de 2021 nos Estados Unidos. A Smith Geiger conduziu 2.000 entrevistas em todo o país com usuários de mídia de 16 a 74 anos e quase 200 entrevistas com executivos de TV, rádio e editoras digitais nos Estados Unidos.

“Os resultados indicam claramente que a inovação fundamental é necessária para acompanhar a evolução de como os americanos consomem mídia na era moderna”, diz o relatório. O Futuri fornece tecnologia de vendas e engajamento do público com base em IA para estações de rádio. A Smith Geiger oferece serviços de pesquisa e consultoria para empresas em uma ampla gama de setores.

Recomendamos:
Veja aqui mais notícias sobre o atual momento do rádio em diferentes países
> Confira também as principais tendências para o setor de rádio e tecnologia

Com informações do portal Inside Radio

Tags: Rádio, pesquisa, levantamento, Futuri, Smith Geiger, pandemia

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.