Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Segunda-Feira, 30 de Abril de 2012 @ 08:12

Congresso vai debater a digitalização e migração do rádio AM

Brasília – Assunto estará em pauta no 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão
Publicidade
Comemorando 90 anos do rádio no Brasil, o 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão que será realizado em Brasília entre os dias 19 e 21 de junho terá como um dos principais temas a serem tratados a possível migração e a digitalização do rádio AM. Desde o segundo semestre de 2011 é discutida e defendida pela Abert (entidade organizadora do congresso) a migração das emissoras de rádio AM para os canais 5 e 6 de televisão, representando a presença dessas estações entre as faixas 76 MHz e 88 MHz no dial FM.

CAMISETAS TUDO RÁDIO
Vista o "rádio"! Veja os modelos e adquira já a sua! FRETE GRÁTIS! Clique aqui
 

O painel do congresso também irá discutir a digitalização do meio rádio, seja em AM ou FM, assunto que tem frequentemente levantado discussões nas últimas edições de congressos regionais e nacionais do setor de comunicação. Levando em conta que os receptores de rádio, em geral, contemplam AM e FM, e que há no país cerca de 1.800 emissoras AM, é necessário que a escolha do padrão de rádio digital considere a operação nos módulos analógico e digital desde o início de sua implantação ou a possibilidade de migração das atuais estações AM para a faixa de FM.

As possíveis soluções e os critérios para migração tecnológica serão o centro do debate deste painel intitulado "Uma visão estratégica do rádio no Brasil" do Congresso Brasileiro de Radiodifusão, no qual um dos palestrantes será o Secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Genildo Lins. Esse painel terá grande destaque no congresso que será realizado em junho desse ano.

Sobre a migração do AM para os canais 5 e 6

No ano passado a Abert já havia se manifestado a favor da migração, representando a presença das atuais rádios AM também em FM entre os canais 76 MHz e 88 MHz, hoje ocupados pela televisão. Essa migração poderá ocorrer com o fim da TV analógica, situação prevista para acontecer a partir de 2016. A Anatel, agencia que fiscaliza a radiodifusão nacional, também já se manifestou favorável à essa migração. A finalidade é fortalecer o meio AM fazendo ele chegar à mais receptores de rádio que hoje priorizam a faixa FM.

Sobre o rádio digital do Brasil

Recentemente o Brasil retomou os testes para a adoção de um padrão de rádio digital. Já foi testado o padrão europeu (o DRM) e em breve será iniciado uma nova etapa de testes do padrão norte-americano (Iboc). No segundo semestre de 2011 o governo brasileiro chegou a admitir a possibilidade da criação de um padrão próprio de rádio digital e também informou que a escolha de um determinado padrão será com base em aspectos técnicos e econômicos.


Escutar Leia mais - Rádio Digital | Testes com padrão americano de rádio digital deve começar em breve

Escutar Leia mais - Diretor da Abert reconhece importância de retomar discussão sobre rádio digital

Escutar Leia mais - Rádio AM em FM deverá ocorrer após a desativação da TV analógica


Tags:

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é empresario, jornalista e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 17 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como consultor nas áreas artística e digital.



...


Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.