Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Como você, ouvinte de rádio via streaming, classifica esse serviço oferecido pela sua emissora preferida?

Enquete

Terça-Feira, 16 de Outubro de 2012 @ 08:02

"Limpeza" do canal e melhorias técnicas auxiliam projeto artístico da Clube em Brasília

Brasília - Rádio ficou livre de interferências provenientes dos canais 105.3 e 105.7

Publicidade

Uma "limpeza" no espectro radiofónico vizinho ao canal da Clube FM 105.5 acabou reposicionando a emissora na liderança de vários filtros de audiência no mercado do Distrito Federal. A emissora popular controlada pelo Grupo Diários Associados realizou investimentos técnicos em suas estrutura nos últimos meses e contou com os serviços do C.I.P.I. (Centro de Investigação e Prevenção de Interferências) que diminuíram as interferências ao sinal da Clube FM em Brasília e região.

Foram fechadas emissoras clandestinas que operavam em canais adjacentes ao 105.5, frequência da Clube FM em Brasília. Desde 2011 a FM vinha sofrendo com interferências nas áreas mais populosas do Distrito Federal, com destaque para rádios piratas que operavam em 105.7 na região de Ceilândia, área de maior concentração populacional do Distrito Federal. Com isso a Clube FM tinha o seu desempenho de audiência prejudicado em Brasília e arredores, devido essa dificuldade de sintonia da estação popular por parte de seus ouvintes.

Paralelo a isso a Clube FM realizou investimentos em sua área técnica, com a aquisição de novos equipamentos para fortalecer seu sinal em Brasília, demais áreas do Distrito Federal e também na região conhecida como o "Entorno", compreendida por alguns municípios goianos. Também houve uma intensificação das ações promocionais realizadas pela FM, além de alguns ajustes no projeto artístico da Clube em Brasília, resultando nesse mês no resultado positivo alcançado pela FM com base nas pesquisas do Instituto Ibope.

Os serviços de rastreamento e prevenção de interferências do C.I.P.I. foi iniciado para Clube em julho desse ano, trabalho que também é realizado em outras regiões do país. Recentemente o Tudo Rádio informou a diminuição das interferências no canal da Tupi FM 104.1 de São Paulo, estação que também apontou uma reação expressiva nas pesquisas de audiências após trabalhos de diminuição de interferências realizados pelo C.I.P.I., aliados aos projetos executados pela FM paulistana. A evolução da Tupi na capital paulista foi apontada pelo Instituto Ibope.

Além das interferências de transmissões piratas a Clube FM também enfrenta em Brasília a concorrência direta oferecida pela Atividade FM 107.1, emissora que possui como carro-chefe de seu projeto a música sertaneja. Essas duas estações e a Jovem Pan FM 106.3 seguem como donas de mais da metade da audiência total do FM de Brasília, segundo resultados recentes mostrados pelos principais períodos da pesquisa do Instituto Ibope.


A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Clube FM, audiência, pirataria, sinal, CIPI

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...


Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.