Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Ao buscar por uma rádio, que tipo de conteúdo você procura?

Enquete

Sexta-Feira, 08 de Março de 2013 @ 14:17

Repórter policial é assassinado com dois tiros em Ipatinga

Ipatinga – Radialista estava recebendo ameaças de morte

Publicidade

O radialista Rodrigo Neto, que desempenhava a função de repórter policial na rádio Vanguarda AM 1170 de Ipatinga, na região conhecida como Vale do Aço, no interior de Minas Gerais, foi morto com tiros na madrugada desta sexta-feira. Além da rádio, o repórter também atuava pelo jornal Vale do Aço.

De acordo com as informações do jornal, Neto recebeu dois tiros, sendo um na cabeça e um no peito. Ele tinha recebido várias ameaças de morte e tinha a certeza de serem motivadas por sua atividade profissional. O repórter apresentava há anos o programa "Plantão Policial", na Vanguarda AM e havia retornado para o jornalismo impresso, no caderno de polícia do Vale do Aço, há cerca de uma semana. Também bacharel em Direito, ele se preparava para prestar concursos públicos. Seu objetivo era ser delegado. 
 
Segundo o jornal, o jornalista e um colega estavam em um churrasquinho famoso no bairro Canaã, local que ele costumava frequentar. Quando Neto abria a porta de seu automóvel, dois homens em uma motocicleta, usando luvas e capacetes fechados, se aproximaram e dispararam.  O repórter recebeu dois tiros de uma arma calibre 38, um na testa e um no peito.
 
Ele chegou a ser socorrido com vida e foi levado para o Hospital Municipal de Ipatinga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O jornalista era casado e deixa um filho. "O Rodrigo sempre se pautou por ser um jornalista muito incisivo", afirmou um colega da imprensa local, que preferiu não se identificar. "Sempre foi um repórter investigativo muito contundente", acrescentou.
 
Segundo ele, Neto tinha uma característica que o diferenciava. "Ele acompanhava o desenrolar dos fatos. Geralmente, o repórter faz o factual e esquece. Ele não. O Rodrigo tinha uma agenda muito boa, fazia uma ótima apuração. Esse diferencial incomodava muita gente", relatou.
 
Neto recebia ameaças há muito tempo e teria relatado várias vezes. Telefonemas e pessoas o vigiando em locais públicos foram levados ao conhecimento do Ministério Público e do Judiciário. "Fica a sensação de insegurança", comenta. "Não mataram só um cidadão, mas um profissional da imprensa. Deram um tiro na liberdade de expressão", denuncia.
 
A imprensa local pede que seu assassinato seja investigado e esclarecido com rapidez, empenho e dedicação. Neto será velado às 15h na capela do Cemitério Senhora da Paz. O sepultamento acontece no sábado (9/3), às 10h, no mesmo local.
 
Com informações do Portal Imprensa

Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.

Tags: Assassinato, radialista, rádio, Ipatinga

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP e como jornalista na Hot 107 FM 107.7 de Lençóis Paulista/SP e na Jovem Pan FM 88.9 e Divisa FM 93.3 de Ourinhos. Também é advogado na OAB/SP e membro do Comitê Jurídico da AESP e da Comissão de Direito de Mídia da OAB de Campinas/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.