Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O retorno da propaganda partidária gratuita no rádio vai auxiliar a sua escolha nas eleições de 2022?

Enquete

Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2013 @ 12:58

Repórter é acusado de extorquir vice-prefeito em Goiás

Santo Antonio do Descoberto – Radialista foi detido após receber dinheiro

Publicidade
A Polícia Civil de Goiás prendeu Marcelo Neves, um ex-repórter, suspeito de extorquir o vice-prefeito de Santo Antônio do Descoberto, Francisco Valter Araújo (PSol/GO). Neves exigiu R$ 3 mil para não publicar imagens da prisão do filho do político, que foi detido após a Polícia Militar encontrar um revólver calibre 38 em posse dele.
 
Segundo informações que foram publicadas no Portal Imprensa, o radialista apresentou-se como jornalista do programa "Na Polícia e nas Ruas", da rádio Atividade FM 107.1 de Brasília. Quando soube da notícia, dirigiu-se ao Centro Integrado de Segurança Pública (Ciops) de Águas Lindas, onde a ocorrência foi registrada. Com microfone e camisa da marca do programa, gravou o momento em que o vice-prefeito discutia com os PMs responsáveis pela detenção do filho dele.
 
Embora vestisse a camisa da emissora, ele não fazia mais parte da equipe, uma vez que foi dispensado no dia 27 de julho. “Ele usou o nome do programa de forma clandestina”, disse o jornalista Maurizon Alves, que trabalha no programa "Na Polícia e nas Ruas".
 
Após a confusão, Marcelo Neves fez várias ligações para o chefe de gabinete de Francisco Valter. Nas conversas, ele pede “uma força” para não repassar os vídeos para o telejornal "Balanço Geral", da TV Record. A emissora mantém uma parceria com a Rádio Atividade. Após as ameaças, o vice-prefeito denunciou a tentativa de extorsão na delegacia do município e, orientado pelo chefe da unidade policial, armou um flagrante para Marcelo, com câmeras no gabinete que filmaram uma segunda tentativa de extorsão do suposto repórter.
 
Com a supervisão da polícia, as notas usadas no falso pagamento do suborno foram fotografadas e, após um longo diálogo, Marcelo recebeu das mãos do vice-prefeito R$ 2 mil em cédulas de R$ 100 e R$ 1 mil em notas de R$ 50. Na saída, Neves recebeu voz de prisão de agentes da Polícia Civil que o aguardavam do lado de fora do prédio.
 
Helen Porto, advogada da Rádio Atividade, afirmou que a atração “Na polícia e nas ruas” é terceirizada e que o acusado não teria relação com a empresa.  Já a TV Record informou que Marcelo Neves não tem qualquer vínculo com a emissora e que veiculação de matérias do programa faz parte de uma parceria.
 
Com informações do Portal Imprensa

A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Repórter, jornalista, extorsão, Goiás, Distrito Federal

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.