Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Ao buscar por uma rádio, que tipo de conteúdo você procura?

Enquete

Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020 @

O papel do rádio na educação sobre saúde mental

Publicidade
Assim como todos os meios de comunicação massiva, o rádio tem um papel fundamental para a saúde pública, ajudando a disseminar informações confiáveis e alertar a população sobre os cuidados necessários para evitar diferentes doenças. Isso ficou explícito durante a pandemia, quando a imprensa tradicional voltou a ter muita força por conta da confiabilidade do conteúdo, o que fez muita diferença na adoção das medidas preventivas contra a Covid-19.

Um dos grandes efeitos do período pandêmico é o comprometimento da saúde mental da população. O medo da morte, as preocupações com a contaminação pelo coronavírus, a crise econômica, o desemprego, o isolamento social, as incertezas sobre o futuro e outros fatores podem provocar o desenvolvimento de quadros de depressão e ansiedade. Ainda há o perigo de outros transtornos, como o de estresse pós-traumático.

Com isso, o rádio novamente se torna um importante veículo de disseminação de informações voltadas aos cuidados com a mente. Ainda há muitos tabus que envolvem os transtornos emocionais, e acabar com eles é uma difícil tarefa que a imprensa deve assumir. Para isso, vale incentivar a procura por apoio profissional, com psicoterapeutas e psiquiátricas.

Ainda há muita desinformação sobre os transtornos emocionais em nosso país. Uma pesquisa Ibope realizada no ano passado sobre depressão mostrou que entre os brasileiros com 24 a 35 anos, 63% não revelariam o estado depressivo aos amigos e familiares por vergonha. Entre os mais jovens, de 13 a 17 anos, 23% não veem a depressão como uma doença grave, mas sim como apenas um “momento de tristeza”.

Abordar o tema na imprensa ajuda na conscientização e pode salvar vidas. Um levantamento do portal GUIADEBEMESTAR mostrou que o número de buscas na internet pelos sintomas da depressão aumentou 23,1% no mês de setembro, em comparação ao mês anterior, com a propagação dos conteúdos voltados à campanha “Setembro Amarelo”.

Por isso, assim como ocorre com a conscientização de outras doenças, como câncer de mama e o câncer de próstata, é justo que as emissoras insiram na programação blocos informativos sobre os transtornos emocionais, como forma de chamar a atenção da população para os principais sintomas, acabar com os preconceitos e estimular o tratamento adequado.

Além disso, também deve-se cogitar um maior espaço para o tema na programação jornalística do rádio – e isso não deve ficar restrito ao setembro amarelo, ainda mais considerando o período difícil que todos estão passando. Entrevistas com profissionais da saúde mental e depoimentos de pacientes podem ser constantes.

Por fim, as emissoras não podem esquecer e ignorar os problemas de saúde mental dentro de suas próprias equipes. A organização de encontros e palestras sobre o tema pode ajudar a acabar com o tabu entre os funcionários.

Por Lincoln Guilherme Copceski - Formado em Comunicação e Multimeios pela Universidade Estadual de Maringá, especialista em Produção Audiovisual pela PUC-PR e mestrando em Tecnologia e Sociedade pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Trabalhou com assessoria de comunicação empresarial e política, diretor audiovisual e, hoje em dia, escreve sobre diversos assuntos.

Tags: dicas, profissionais, depressão, organização, rádio, pesquisa

Compartilhe!

Colunista
Diz aí!

O Diz aí é um espaço que o Tudo Rádio dedica à textos criativos e que contribuem com o crescimento do meio rádio. Se você tem um material que considere ser importante para compartilhar com outros profissionais, mande para a redação do Tudo Rádio dar uma olhada. Após uma análise (sem prazo definido, obedecendo as prioridades da agenda da redação do Tudo Rádio) o texto poderá aparecer aqui, com os devidos créditos. Participe!










tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.