Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Você confia na prestação de serviço e nas informações veiculadas pelo rádio sobre a pandemia da covid-19?

Enquete

Sábado, 15 de Maio de 2021 @

4 lições que Michel Micheleto deixou para o rádio

Publicidade
Neste dia 15 de maio, completa-se um mês do falecimento do advogado, empresário e, sobretudo, amigo Michel Micheleto. Sua presença era garantia de acolhimento e aprendizado. Por trás disso, havia um valor fundamental: a generosidade. Mesmo sendo comunicador e diretor executivo da Banda B, uma das rádios de maior audiência do Paraná, ele não tinha qualquer receio em compartilhar seu conhecimento, inclusive com concorrentes.

Michel tinha muito a ensinar: ao mesmo tempo em que era vitorioso na radiodifusão, acumulava décadas de experiência no Direito, o que lhe conferia um olhar particular sobre os negócios. Também tinha o catolicismo como um dos pilares de sua vida, marcada pela crença inabalável não apenas em Deus, mas também no ser humano. E essa visão humanista foi decisiva na formação de um estilo próprio de liderança, responsável por cativar empregados e ampliar resultados.

Ao longo dos meus vários anos de amizade com o Michel, tive o privilégio de conversar com ele a respeito de tudo, inclusive rádio. Através de palavras e, principalmente, atos, ele deixou muitas lições. Registro quatro delas nas próximas linhas.

1) Encare a sua rádio como geradora de negócios
Antes de aceitar o convite feito por Luiz Carlos Martins para dirigir a Banda B, Michel Micheleto impôs duas condições: (1) ser sócio, não empregado; (2) transformar a emissora em plataforma de lançamento para novos empreendimentos. Em outras palavras: Michel desejava aproveitar o perfil e o volume de audiência da rádio para promover produtos que ele e Martins fabricariam. Dessa visão, três negócios nasceram: um plano odontológico chamado Dent Plus; a marca de roupas infantis Oi Oi Cara de Boi; e uma indústria de produtos naturais, a Natuclin. O sucesso foi total. Quanto mais essas empresas anunciavam na rádio, mais elas vendiam. Quanto mais vendiam, mais anunciavam. Quanto mais anunciavam, mais a Banda B crescia. Era um ciclo virtuoso semelhante ao que Silvio Santos construiu em torno do seu programa e do SBT.

2) Sua emissora deve ter um objetivo claro
Objetivo: era assim que Michel chamava aquilo que o mercado trata ora como linha editorial, ora como posicionamento. Enquanto diretor executivo, cabia a ele determinar e disseminar a fórmula que faria a Banda B se diferenciar da concorrência. "Na rádio, todo mundo que entra sabe qual é o nosso objetivo: alegria, emoção e informação compromissada com a comunidade", afirmava. Parece algo simples, mas não é. É preciso muita sensibilidade e técnica para selecionar as pautas que de fato interessam ao público-alvo e usar o tom certo no ar. Assim, a identidade da emissora fica preservada e torna-se mais fácil conquistar a audiência desejada.

3) Construa uma empresa feliz
Michel Micheleto sabia que, além de um bom salário, empregados buscam autonomia. Querem maior liberdade de trabalho, ainda que sob a orientação de um superior hierárquico. Por isso, ele demonstrava confiança, inclusive nos mais jovens. Ao mesmo tempo, Michel procurava construir um ambiente no qual o colaborador se sentisse integrado e, ao mesmo tempo, desafiado. Para isso, não se furtava a revelar os resultados alcançados por cada programa, inclusive em termos financeiros. Assim, comprometia a equipe com a melhoria continua de desempenho. Mas, além de qualquer receita ou despesa, Michel Micheleto sempre ressaltava o aspecto humano. Nas suas palestras, costumava dizer: "Como você vai encontrar talentos se a porta da sua sala estiver fechada? Se você é carrancudo, mal humorado? Se você não fala bom dia para a pessoa que lhe serve o café? Se você não abraça o seu funcionário? Se você não sorri? Se você grita na sua emissora? Nunca. Ninguém quer trabalhar com gente grossa, metida à besta, com o rei na barriga." Mas atenção: não se deve confundir ambiente feliz com anarquia. A responsabilidade com o trabalho nunca deve ser perdida de vista.

4) Não tenha medo da Internet
Lançado em 2010, o portal Banda B logo se transformou em referência no Paraná. Quando algum fato importante ou curioso acontece no estado, são muitos os que imediatamente acessam o site, cuja principal marca é a agilidade. Não é em vão, portanto, o slogan "Aconteceu, deu na Banda B", criado por um porteiro fã da rádio. A construção desse sucesso deve-se tanto à linha editorial, conforme abordado na lição número 2, quanto à gestão comercial. Ainda que a estrutura de produção do portal seja compartilhada com a da rádio, receitas e despesas devem ser acompanhadas de forma independente. Assim, a precisão é maior. Não há, portanto, que se ter medo da Internet. Michel sempre acreditou que a web pode e deve servir de meio para gerar mais faturamento e conquistar perfis de público complementares ao dial.

*   *   *

Dinheiro se gasta. Patrimônio se vende. Momentos se esquecem. O que fica da vida é o que a gente ensina. Por isso, tenho certeza absoluta que Michel Micheleto permanecerá vivo entre aqueles que tiveram a sorte de conviver com ele, assistir a alguma de suas palestras ou ouvi-lo no rádio, meio que foi a grande paixão deste meu querido amigo.

Tags: Michel Micheleto, Banda B, rádio, AERP, gestão, comunicador, empresário

Compartilhe!

Colunista
Fernando Morgado Profissional de marketing e inteligência de mercado. Professor das Faculdades Integradas Hélio Alonso. Na Globo, trabalhou na área de inteligência de mercado e no planejamento estratégico das rádios. Como consultor e palestrante, já atuou para empresas como ABERT, AERP, B2W Digital, SBT e Sebrae. Possui livros publicados no Brasil e no exterior, incluindo o best-seller Silvio Santos – A Trajetória do Mito. Membro da Academy of Television Arts & Sciences, entidade realizadora dos prêmios Emmy. Foi coordenador adjunto do Núcleo de Estudos de Rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Gestão da Economia Criativa e especialista em Gestão Empresarial e Marketing pela ESPM. Site: fernandomorgado.com










tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.