Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Na sua opinião, qual formato de rádio deverá passar por uma maior expansão no número de rádios no mercado brasileiro em 2020?

Enquete

Terça-Feira, 26 de Junho de 2018 @ 07:47

Panorama: Enquete do tudoradio.com aponta que 89% tem o rádio como fonte para consumo de música

São Paulo - Levantamento feito através de participação popular indica que a maioria utiliza o rádio e serviços de streaming para consumir música

Publicidade

Estudos recentes realizados pelos principais institutos de pesquisa continuam apontando que o Rádio continua como um forte meio para consumo de música. Com base nesse panorama, o tudoradio.com decidiu questionar a audiência do portal quanto a esse tema, através de uma enquete popular. Cerca de 900 pessoas participaram do questionamento do portal, cujo resultado acompanha a afirmação de que o rádio FM/AM continua como fonte de consumo de música para a população. Acompanhe os detalhes:

O portal tudoradio.com perguntou: “Você ouve música no rádio e em mais alguma outra mídia?”. Dos 905 participantes, 601 optaram pela seguinte resposta: “Sim. Gosto de ouvir música no rádio e também em serviços de streaming como Spotify, YouTube, entre outros”. Já 204 participantes optaram pela resposta “Não, apenas no rádio (offline e streaming de rádios AM-FM)” para indicarem como consomem música. 

Em resumo: 66% dos participantes tem preferência por ouvir música no rádio e também em outros formatos de mídia, com destaque para os serviços de streaming mais famosos, como Spotify, YouTube, etc, indicando que o meio continua como uma importante fonte para músicas e que o rádio pode conviver com essas novas ferramentas. Já 23% dos participantes tem o rádio como fonte exclusiva para consumo de música, seja a audição de uma estação de rádio via streaming ou FM/AM (offline).

Porém, 11% não buscam música no rádio, porcentagem que representa 100 participantes que votaram na enquete, estes que escolheram a resposta “Na verdade eu ouço música apenas em outras mídias e prefiro ouvir outros conteúdos no rádio”.

Recortes interpretativos (somas):

89% dos participantes tem o rádio como fonte para consumo de música
77% dos participantes usam serviços como YouTube, Spotify, entre outros, para ouvir música
66% dos participantes dividem o consumo de música entre o rádio (offline e online) com serviços de streaming de música
23% dos participantes consomem música apenas pelo rádio (offline e online)

11% dos participantes não consomem música pelo rádio, preferindo outros formatos de conteúdos no meio


Fotografia do resultado final da enquete feita pelo tudoradio.com

Como funciona?

Todos os meses o tudoradio.com aborda temas de interesse dos ouvintes e do meio rádio no serviço “Enquete tudoradio.com”, sempre com respostas baseadas no que costumam ser as opiniões mais comuns entre o público do site. 

No questionamento em questão, disponível para os visitantes entre os 4 de maio a 25 de junho deste ano, 905 visitantes únicos do site participaram da enquete que fica disponível no menu do portal. A média de visitação diária do tudoradio.com é de 120 mil acessos por dia.

E uma nova enquete já está no ar, tendo o tema “Copa do Mundo FIFA 2018”. Clique aqui para conferir e participar!

Tags: Rádio, enquete, tudoradio.com, música

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é empresario, jornalista e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 17 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como consultor nas áreas artística e digital.



...


Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.