Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

As declarações de uma autoridade ou pessoa pública podem incentivar a violência contra meios e profissionais de comunicação?

Enquete

Sexta-Feira, 27 de Março de 2020 @ 10:47

Após alerta a radialistas, Fenaert orienta radiodifusores sobre medidas durante pandemia mundial

Brasília - Ações incluem desde gestão, cuidados de prevenção, até a importância da apuração de dados dentro do contexto da disseminação do Coronavírus

Publicidade

A Federação Nacional de Empresas de Rádio e Televisão (Fenaert) emitiu um alerta, na semana passada, sobre os cuidados que os comunicadores de Rádio e TV devem ter durante o período de pandemia do coronavírus, causador da doença Covid-19. Nesta quinta-feira (26), a federação voltou suas atenções aos radiodifusores.

A Fenaert orientou os radiodifusores a darem continuidade aos serviços prestados à população com a responsabilidade de levar notícias a todo tempo. Com isso, a grade de programação das emissoras sofreu alterações para dar mais espaço à cobertura das informações relevantes da pandemia mundial, assim como os formatos e modalidades de emprego estão se ajustando, com o afastamento de profissionais do grupo de risco, ou a transmissão de notícias de forma a assegurar a saúde de todos.

Além disso, a imprensa foi definida como serviço essencial pelo Governo Federal e registrou medidas que tratam diretamente das relações trabalhistas e de questões de gestão de cada empresa, visando evitar as complicações financeiras que o momento demonstra. Outro destaque feito pela Fenaert, a publicidade no rádio e na televisão se mostram flutuantes, com anunciantes inseguros em continuar com os contratos, mas o contexto em que estamos permite que a visibilidade ainda seja ampliada e garanta o retorno necessário.
 
"A imprensa não pode parar. É com ela que a população consegue se informar, portanto, ela auxilia na contenção do vírus e na adoção das medidas necessárias para barrar o contágio. Mesmo com todos os esforços, de profissionais que bravamente noticiam diariamente, ainda é necessário combater falas que levam ao descrédito e acusações de histeria, quando na realidade demonstram o serviço fundamental que o jornalismo presta. Reiteramos a importância e a relevância de que todas as pessoas sigam as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) em relação à quarentena, que já se mostrou a forma mais eficiente de evitar a disseminação do Covid-19 no mundo todo, com o isolamento social como principal frente das medidas necessárias", ressaltou a nota.

A Fenaert orientou ainda que as empresas mantenham o serviço exemplar de informar a população com objetividade e responsabilidade, checando as notícias e utilizando os meios digitais para contatar autoridades e especialistas – evitando o contato próximo. As definições econômicas seguirão as normas estabelecidas pelos comunicados oficiais, a fim de garantir que todas as empresas consigam operar da melhor forma.

Veja também:
> Coronavírus: Rádio Bandeirantes realiza programação especial durante o final de semana
> Jovem Pan News terá programa ao vivo nas madrugadas a partir deste sábado (21)
> CBN altera sua programação para abordar a crise do coronavírus

Tags: Rádio, Fenaert, programação, rádios, coronavírus, jornalismo

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...







Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2004 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.