Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O retorno da propaganda partidária gratuita no rádio vai auxiliar a sua escolha nas eleições de 2022?

Enquete

Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020 @ 12:58

Falecimentos de Gilberto Dimenstein em São Paulo e Luiz Carlos Magal em Cuiabá deixam o rádio de luto nesta sexta-feira (29)

São Paulo – Sexta-feira de luto no rádio. Magal ficou conhecido pelos projetos de FMs adultas, como a Centro América Easy FM. Dimenstein foi um dos maiores nomes do jornalismo nacional, com passagem pela CBN

Publicidade

O rádio e o jornalismo sofreram duas perdas irreparáveis. O jornalista Gilberto Dimenstein, com passagem pela CBN FM 90.5 de São Paulo, morreu na manhã desta sexta-feira (29), aos 63 anos, na capital paulista. E, em Cuiabá (MT), o radialista Luiz Carlos Magal, responsável pela implantação da Centro América Easy FM 99.1, faleceu após sofrer um infarto fulminante. Antes, na quarta-feira (27), Ali Chaim, conhecido como um grande repórter policial do Paraná, morreu em São José dos Pinhais (PR). Acompanhe:

Gilberto Dimenstein: fundador do Catraca Livre, repórter da Folha e comentarista da CBN

Segundo informações, o jornalista lutava contra câncer de pâncreas, com metástase no fígado, que foi descoberto em meados de 2019. A notícia da morte de Gilberto Dimenstein foi confirmada por amigos do jornalista e também durante a programação da CBN, com depoimentos emocionados dos jornalistas da emissora. 

Dimenstein foi um dos jornalistas mais premiados do Brasil. Entre eles, recebeu o Prêmio Nacional de Direitos Humanos junto com Paulo de Evaristo Arns, o Prêmio Criança e Paz, do Unicef, Menção Honrosa do Prêmio Maria Moors Cabot, da Faculdade de Jornalismo de Columbia, em Nova York. Também ganhou os prêmios Esso (categoria principal) e Jabuti, em 1993, de melhor livro de não-ficção, com a obra "Cidadão de Papel".

O jornalista também foi um dos criadores da ANDI - Comunicação e Direitos, uma organização não-governamental que tem como objetivo utilizar a mídia em favor de ações sociais. Em 2009, um documento preparado na Escola de Administração de Harvard, apontou-o como um dos exemplos de inovação comunitária, por seu projeto de bairro-escola, desenvolvido inicialmente em São Paulo, através do Projeto Aprendiz. O projeto foi replicado através do mundo via Unicef e Unesco.

Dimenstein foi fundador do site Catraca Livre, o jornalista conta com passagem por grandes veículos do país, como Folha de S.Paulo, Correio Brasiliense, Veja e Rede CBN, liderada pela CBN FM 90.5 de São Paulo e CBN FM 92.5 do Rio de Janeiro.

Luiz Carlos Magal: nome de sucesso em rádios de formato adulto-contemporâneo

Radialista com grande experiência no mercado de rádio no Paraná e em Mato Grosso, Luiz Carlos Magal faleceu nesta sexta-feira (29) após sofrer um infarto fulminante. Tinha 55 anos.

Magal era conhecido pela sua vasta experiencia com projetos em FM, em especial no formato adulto-contemporâneo. Foi responsável pela criação e manutenção artística do projeto da Centro América FM Easy FM 99.1 de Cuiabá (MT), hoje uma das maiores audiências no mercado local e que também inspirou o projeto da Morena FM Easy FM 107.1 de Campo Grande (MS).

Antes de ir para Cuiabá, mudança ocorrida em 2010, Magal ficou conhecido por sua passagem pelas rádios Ouro Verde FM Easy FM 105.5 (adulto-contemporâneo) e Caiobá FM 102.3 (popular/hits), ambas do grupo SIRA, em Curitiba. Também chegou a dirigir o projeto da Tribuna FM 89.5 na região de Londrina, de formato adulto-contemporâneo).

Atualmente, Magal também apresentava o programa Happy Hour, com Ulisses Serotini, e produzia os quadros Pense Nisso, Keep Calm e Sucessos que você não esquece. Ele deixou a mulher e cinco filhos.

Magal era um grande amigo e parceiro da equipe do tudoradio.com. Foi entrevistado em setembro passado pelo site, onde contou um pouco mais sobre a trajetória da Centro América Easy FM e da Morena FM. O portal está em luto.

Ali Chaim: o mais famoso repórter policial do Paraná

Morreu na noite de quarta-feira (27) o jornalista e radialista Ali Chaim, com 81 anos, indicado como "o famoso repórter policial do Paraná". Era conhecido pelo apelido de Califa 33.

Chaim teve passagem pela TV e pelo rádio. Trabalhou pelas emissoras Rádio Clube, Rádio Colombo, Capital, Cultura, Eldorado e Educativa, todas em Curitiba.

Colaboração de Daniel Starck. Informações do G1, Tribuna do Paraná e Rede CBN

 

Tags: Luto, Gilberto Dimenstein, jornalismo, CBN, Luiz Magal, Centro América, rádios

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista, jornalista e é formado em Direito, com pós graduação em Direito Trabalhista e Tributário. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (Promissão/SP) e trabalhou como locutor na afiliada da Band FM em Ourinhos/SP e na Interativa de Avaré/SP. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...









tudoradio.com © 2004 - 2022 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.