Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Seja pelo celular, rádio do carro ou receptor tradicional… você já tem algum receptor de rádio com FM estendido (a partir de 76.1 FM)?

Enquete

Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2021 @ 07:30

O Rádio Hoje | Estudo da Alter Agents destaca o valor da conexão pessoal do rádio com os seus ouvintes. Credibilidade do áudio é alta

São Paulo - Levantamento foi encomendado e divulgado pela Entercom (EUA). Áudio tem forte potencial em geração de negócios

Publicidade

Um estudo divulgado pela Entercom, segundo maior grupo de rádios FM/AM dos Estados Unidos, elaborado pela Alter Agents, mostra a força do rádio na conexão pessoal com seus ouvintes e o potencial do áudio na geração de negócios para o mercado. O levantamento destacou que 34% dos ouvintes de estações AM/FM agiu ao ouvir no ar uma recomendação de um comunicador durante um comercial. O áudio também é considerado a fonte de mídia mais confiável entre os norte-americanos. Acompanhe:

A apresentação destaca que "conteúdo local e influenciadores locais impulsionam a ação", destacando o papel do radialista (comunicador e/ou apresentador) na ação tomada por seus ouvintes, que é baseada em confiança. É nesse ponto que 34% da audiência diz agir após uma recomendação dada pela personalidade que está no ar, isso durante um comercial.

O áudio também é fonte poderosa na conversão de mídia em negócio para os anunciantes. Ele detém um índice de 57% em imersão por tipo de mídia, contra 54% em anúncios de vídeos sob demanda, 54% de vídeos digitais, 52% de TV linear e 52% para mídias sociais. A imersão é importante, pois ela é um preditivo de vendas. Ou seja, o investimento de mídia colocado em áudio terá mais chances de se transformar em negócio concretizado.

Em relação a confiança do público, o áudio também leva uma vantagem considerável. Ele é considerado como mídia confiável por 69% do público pesquisado pela Alter Agents, seguido por TV (64%), Google (60%), mídia impressa (57%), mídias sociais (56%), YouTube (47%) e serviços de streaming on-demand (44%, categoria que abrange Spotify, Pandora, entre outros). Os dados são relativos ao mercado dos Estados Unidos.

"O áudio é o meio mais poderoso, ele nos une por meio de experiências compartilhadas, nos move emocionalmente e nos leva agir. Como os profissionais de marketing serão desafiados a chamar a atenção do consumidor, o áudio, como nenhuma outra mídia, oferece uma experiência imersiva, que estimula a memorização, a confiança e a conexão" afirma Idil Cakim, senior VP de pesquisas e insights da Entercom.


Além da credibilidade, o áudio e o rádio contam com uma forte conexão emocional com os ouvintes / Crédito imagem: Depositphotos.com

Esses insights foram divulgados pela Futura TopLine, relacionados à pesquisa da Alter Agents, encomendada pela Entercom, registrado como em 2021, mercado dos Estados Unidos.

Recomendamos:
> Percepção de profissionais de mídia sobre o consumo de rádio é diferente do que mostra a realidade
> Share of Ear 2020: Rádio FM/AM segue líder no consumo de áudio nos Estados Unidos. Streaming avança
> Vacina contra a covid-19 é indicada como peça-chave para a retomada econômica da comunicação

Tags: tecnologia, audiência, rádio, áudio, digital, estudo, credibilidade

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...









tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.