Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Como você, ouvinte de rádio via streaming, classifica esse serviço oferecido pela sua emissora preferida?

Enquete

Terça-Feira, 18 de Junho de 2013 @ 15:04

Secretário do MiniCom aponta que migração das AMs será onerosa e facultativa

Brasília – Genildo Lins disse que radiodifusores terão que arcar com custo da concessão do canal em FM
Publicidade
O secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica, Genildo Lins, afirmou que processo de migração das rádios AMs para o dial FM será oneroso. Ele disse ainda que a mudança será facultativa e deverá levar em conta a opção do radiodifusor, que deverá arcar com os custos dos equipamentos e com o valor mínimo da outorga para a localidade onde está situada a emissora.
 
A declaração foi feita durante entrevista que o secretário concedeu para o informativo da  Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel). De acordo com Lins, a migração das emissoras de rádio AM para FM será formalizada em 60 dias, tão logo a consultoria jurídica decida qual o melhor instrumento para isso, se por meio de decreto ou projeto de lei. Mas já se sabe que será facultativa, cabendo ao empresário decidir qual a melhor opção para o seu negócio, tendo em vista as diferentes características de cobertura, custo e qualidade do sinal.
 
A estimativa de Lins é de que haverá disponibilidade de espectro em 4500 municípios brasileiros. No restante, onde há dificuldade de alocação de novos operadores de FM, a migração será feita para execução do serviço na faixa estendida de FM. “Para tanto, utilizaremos a disponibilidade de espectro resultante do desligamento do sinal analógico de televisão, especificamente os canais 5 e 6”, afirmou o secretário.
 
Genildo Lins salientou ainda que o processo de digitalização do FM vai continuar, embora a migração não tenha relação com a evolução do padrão tecnológico do FM. O Ministério das Comunicações deve anunciar em breve a realização de novos testes com os padrões que estão na disputa para a digitalização do rádio no Brasil.

Na semana passada o Tudo Rádio entrevistou com exclusividade Rodrigo Neves, presidente da AESP (Associação das Emissoras de Rádio e Televisão de São Paulo). Neves explicou mais sobre a migração. Clique aqui e acompanhe.
 
Com informações do TeleSíntese e Abratel
Tags: Digitalização, migração AM, ministro Paulo Bernardo, Rádio, Brasília

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...


Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.