Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Você tem o hábito de ouvir podcasts?

Enquete

Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019 @ 14:04

Luto: Ícone do rádio e do jornalismo, Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em São Paulo

São Paulo – Queda de helicóptero ocorreu próximo ao quilômetro 7 do Rodoanel, no acesso à Rodovia Anhanguera

Publicidade

Um acidente aéreo causou a morte do jornalista Ricardo Boechat, no início da tarde desta segunda-feira (11), na capital paulista. De acordo com as informações, o jornalista estava em um helicóptero e se deslocava de Campinas para São Paulo, quando o aparelho caiu no início da rodovia Anhanguera. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no local.

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Segundo informações iniciais, o helicóptero saiu do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas. Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. 

Luto no radiojornalismo:
Várias entidades lamentam a morte de Ricardo Boechat nesta segunda-feira (11)
Artigo tudoradio.com: Nossos agradecimentos a Ricardo Boechat
Ricardo Boechat: Grupo Bandeirantes emite nota de pesar

Ricardo Boechat ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país. Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como O Globo, O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e O Dia. Na década de 1990, teve uma coluna diária no Bom Dia Brasil, na TV Globo.

Boechat é o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro "Copacabana Palace – Um hotel e sua história" (DBA).

Diversas rádios e portais noticiaram a morte de Ricardo Boechat. Pela BandNews FM 96.9 de São Paulo, os apresentadores Eduardo Barão, Carla Bigatto e Sheila Magalhães se emocionaram no ar. Além disso, a notícia também sensibilizou jornalistas da Jovem Pan AM 620 e Rádio Bandeirantes FM 90.9 AM 840 de São Paulo. Profissionais de outros veículos também ficaram emocionados ao noticiar a morte de Ricardo Boechat.

A BandNews FM, após anuncio emocionado feito pelos jornalistas, deu uma pausa em suas transmissões em respeito à sua equipe. Portal da rede BandNews FM na internet também foi suspenso.

Rádios de diferentes cidades e formatos de programação prestaram homenagens ao jornalista Ricardo Boechat.

Ricardo Boechat: Muito mais do que um jornalista premiado… 

Respeitado. Super premiado. Boechat não era apenas o principal nome da BandNews FM, mas também um dos principais profissionais da história do jornalismo brasileiro e do rádio. Com passagens pela imprensa escrita e televisiva, foi no rádio que Ricardo se aproximou ainda mais do público e criou uma nova forma de jornalismo, "contra-corrente" como definem os profissionais que atuaram com ele na emissora.

Querido por muitos ouvintes, o horário de Ricardo Boechat (07h30-09h20/segunda à sexta-feira) estava em alta na audiência do rádio paulistano, batendo recordes nas medições mais recentes e, em outras praças, chegava a liderar a audiência geral nessa faixa horária. Era um fenômeno.

O crescimento de audiência só era um exemplo de como Boechat ainda não tinha alcançado o auge de sua carreira. Seu trabalho, sua visão de jornalismo (próxima do público), foram fundamentais para a população.

Sem ter iniciado a sua carreira no rádio, Boechat aprendeu a admirar o veículo e tinha muito carinho pelo seu trabalho à frente da BandNews FM. Em congressos de comunicação, indicava publicamente esse amor pelo veículo que passou a conviver diariamente e foi um dos principais exemplos práticos de como o rádio segue fazendo a diferença na vida das pessoas.

O rádio brasileiro está de luto. O tudoradio.com está de luto.


Boechat (à esquerda), ao lado de seu companheiro diário na BandNews FM (Eduardo Barão)


A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Ricardo Boechat, BandNews FM, Grupo Bandeirantes, São Paulo, jornalismo, luto, rádio

Compartilhe!

Teste
Redação tudoradio.com O material publicado nesta página é assinado por toda a redação do tudoradio.com, representando a apuração realizada por toda a equipe e/ou um editorial de assinatura do portal.


...


Mais tudoradio.com

tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.