Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

O que a sua rádio preferida deve fazer na programação durante a pandemia da covid-19?

Enquete

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020 @ 07:31

Levantamento: Migração AM-FM conta com mais de 700 rádios ativas em FM e mapeadas pelo guia Dials FM/AM do tudoradio.com

São Paulo - Processo superou a marca de 700 rádios AMs em FM neste mês de maio. Dials do tudoradio.com faz um mapeamento da cobertura dessas novas FMs

Publicidade

Passou de 700 o número de estações originadas na faixa AM que já estão ativas no dial FM e mapeadas pelo guia Dials AM/FM do tudoradio.com. Mesmo com a crise causada pelo novo coronavírus, o mercado brasileiro continua observando uma evolução da migração AM-FM, esta que segue se movimentando nos mercados com espaços no chamado "dial FM convencional", ou seja, entre 88.1 FM e 107.9 FM. O número alcançado até o final desta matéria é 703 migrantes AMs ativas no dial FM. Essas mudanças também são registradas pelo Mapa da Atualização do tudoradio.com. Acompanhe: 

"Chegar ao número de 700 emissoras migrantes como o levantamento do tudoradio.com acaba de constatar, é realmente um marco histórico para a migração do AM para o FM", afirma Eduardo Cappia, engenheiro líder do comitê técnico da AESP.

"Se considerarmos que o processo foi iniciado em 2013, com toda essa dificuldade econômica e de processamento que enfrentamos hoje, a conquista de 700 emissoras no ar representa mais de 900 contratos de migração assinados", lembra Cappia, engenheiro que também atua como conselheiro da SET.

Cappia também considera que a marca de 700 migrantes ativas é um sucesso do processo de migração AM-FM. "Lembrando que nós éramos 1781 emissoras em canais de Ondas Médias e hoje já temos 1200 ou 1300 com frequências em FM determinadas. Restam cerca de 400 canais com frequências para serem consignadas entre a faixa convencional e estendida de FM", completa o engenheiro.

Processo por estado

O estado do Paraná é quem tem o processo de migração AM-FM mais adiantado, impulsionado também pelo uso do FM convencional em mercados como Londrina, Maringá, Cascavel e Ponta Grossa. Já são 93 estações originadas na faixa AM que estão ativas no dial FM, segundo registro do guia Dials AM/FM do tudoradio.com.

Minas Gerais, estado com o maior número de estações de rádio no Brasil, aparece com 83 migrantes AM-FM mapeadas, também tendo rádios ativas em grandes centros, como Uberlândia, Juiz de Fora, Uberaba, Montes Claros, Divinópolis, Poços de Caldas, Ipatinga, entre outros. Belo Horizonte ainda aguarda a faixa FM estendida (saiba mais).

São Paulo, com 81 emissoras migrantes ativas em FM, também possuí um numero elevado de rádios mapeadas pelo Dials AM/FM do tudoradio.com. Porém, regiões populosas e importantes como São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Piracicaba, Taubaté, entre outros, ainda aguardam por espaços no espectro FM.

O Ceará, estado que inaugurou o processo em 2016, conta com 36 emissoras mapeadas pelo guia. Veja aqui o levantamento completo.

Migrantes mais recentes no levantamento.

As últimas migrantes mapeadas pelo sistema do tudoradio.com foram as emissoras Rádio Canção Nova FM 90.9 de Vitória da Conquista (interior da Bahia, estação originada em 1210 AM), Rádio 91.5 FM 91.5 de São Martinho (Rio Grande do Sul, vinda da sintonia 1570 AM), Rádio Paraisópolis FM 92.3 de Paraisópolis (sul de Minas Gerais, emissora que estava em 1490 AM) e Rádio Clube FM 107.3 de Varginha (emissora mineira que foi a 700ª migrante a ser mapeada, originada em 1210 AM).

Os dials e o levantamento:
> Confira aqui a lista de AMs que já estão ativas no dial FM, além do número de estações por estado
> Veja e ouça on-line todas as emissoras em FM e AM do Brasil. Acesse os dials tudoradio.com

FM estendido?
> Plantão: Segundo a ABERT, Anatel aprova destinação da faixa estendida para a migração AM-FM
> Consulta pública do FM estendido é encerrada com mais de 300 contribuições. Processo gera expectativa entre as rádios
> Consulta pública da Anatel mostra canalização com FM estendido, Radcom e FM convencional

O processo de migração AM-FM em faixa estendida é aguardado desde 2013 pelas emissoras AMs solicitantes. Em algumas regiões, onde era previsto o uso do FM estendido, após uma série de acordos e uso do segundo adjacente, foi possível acomodar as migrantes na faixa convencional. Porém os maiores centros seguem de fora.

Enquanto aguardam a canalização, o mercado viu a evolução da disponibilidade de receptores com o FM estendido disponível, este que foi inicialmente impulsionado por celulares com FM e rádios em automóveis. Em setembro de 2017, foi aprovada uma portaria que obriga a produção de receptores com FM estendido no Brasil.

O levantamento

O número é relacionado ao levantamento feito pelo tudoradio.com nos dials AM/FM no portal, ou seja, são 703 migrantes AM-FM que tem a sua cobertura em FM já mapeada pela equipe do portal (até o fechamento desta matéria).

O levantamento completo (inclusive o número de migrantes por estado) pode ser acompanhado aqui. A atualização é diária.

Veja também:
> Levantamento: Ano começa com mais de 660 migrantes AM-FM mapeadas pelo guia Dials FM/AM do tudoradio.com

Tags: Migração AM-FM, levantamento, dials, Mapa, FM, AM, processo

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...







Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2001 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.