Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Qual será o papel do rádio nas eleições municipais de 2020?

Enquete

Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020 @ 07:32

O Rádio Hoje | Rádio mostra recuperação econômica na Alemanha e é a única mídia com índice positivo

São Paulo - Mesmo com a crise econômica imposta pela pandemia do novo coronavírus, saldo publicitário do rádio é positivo na comparação com 2019

Publicidade

A Nielsen divulgou ao mercado europeu um dado que colabora com a afirmação que o rádio é o veículo que melhor tem se adaptado à crise econômica imposta pela pandemia do novo coronavírus. Na Alemanha, o meio aponta um cenário que gera otimismo para o setor em outros mercados: o rádio foi a única mídia a registrar um avanço em receita publicitária na comparação entre setembro de 2020 e o mesmo mês do ano passado. O avanço foi de 2.8%.

Os dados da Nielsen na Alemanha consideram uma receita bruta de 186.099 milhares de euros para o rádio no nono mês de 2020, contra 180.989 milhares de euros em setembro de 2019. Isso corresponde a um aumento de 2.8%. Um quadro também otimista para o rádio foi observado recentemente no mercado de rádio da França.

O portal Radiozene, que destaca os dados da Nielsen, afirma que "embora o crescimento percentual tenha diminuído em relação aos meses anteriores, ainda é notável o fato de o rádio ser o único gênero de mídia que conseguiu gerar ganhos em relação ao ano anterior. Até mesmo a mídia televisiva (...) e online foram superados pelo clima sombrio contínuo no mercado publicitário", destaca a reportagem.

Recomendamos:
> Publicidade em smart-speakers, avanço do digital na Europa e chip FM em celulares estão no radar do rádio
> WorldDAB divulga relatório que mostra o avanço do rádio digital na Europa e Austrália. Reino Unido e Noruega lideram na adesão

Já os dados gerais sobre o investimento em mídia na Alemanha, o total em publicidade foi cerca de 3.130.993 milhares de euros em setembro de 2020, contra 3.281.510 milhares de euros no mesmo período do ano passado. Isso corresponde a uma retração de 4,6% em comparação com 2019, segundo os dados da Nielsen.

No geral, a televisão detém a maior parte do bolo publicitário alemão, seguida de longe pela mídia impressa.

Veja também:
> Com credibilidade e audiência em alta na Europa, rádio é o meio que melhor lida com a crise da covid-19
> Rádio é disparado a principal plataforma de consumo de áudio em carros na Alemanha
> Rádio volta a ter crescimento na participação de investimento em mídia, segundo levantamento realizado pelo CENP-Meios

Com informações da Nielsen e da Radioszene. Colaboração de David Duck

Tags: Rádio, publicidade, Alemanha, medição, panorama, tendências, Europa

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...







Mais tudoradio.com



tudoradio.com © 2004 - 2020 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.