Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Canais.

Canais.

Canais.

Enquete

Seja pelo celular, rádio do carro ou receptor tradicional… você já tem algum receptor de rádio com FM estendido (a partir de 76.1 FM)?

Enquete

Terça-Feira, 07 de Maio de 2019 @ 07:44

O Rádio hoje | E na Europa? Rádio conta com 76% de todo o volume de consumo de áudio na Holanda

São Paulo - Receptor FM/AM corresponde a 43% dessa audiência. Smartphone responde por 12% na Holanda

Publicidade

No final de abril o mercado holandês acompanhou a atualização de dados relacionados ao consumo de áudio naquele país europeu. A pesquisa é realizada pela MediaTijd, esta que ouviu quase três mil holandeses de 13 anos ou mais. Segundo o resultado mais recente, o rádio ao vivo corresponde por 76% de todo o volume de consumo de áudio no país, com força inclusive para a audição de música. O tudoradio.com tem mostrado diferentes panoramas do meio rádio pelo mundo, na tentativa de entender a movimentação e tendências do consumo de áudio.

É fato que há uma mudança de comportamento entre as faixas etárias mais jovens, assim como visto em outros países através de medições de diferentes institutos. No caso da Holanda, o tempo de escuta total de áudio é de 2h32 por dia, sendo 1h53 relacionada ao rádio ao vivo, 15 minutos para música offline e 19 minutos para música via internet. Mas os números variam conforme a faixa etária, com o meio rádio mais popular nas idades mais avançadas (veja abaixo).


Tempo de escuta em horas, minutos por dia, por sexo e idade (2018 - Holanda - Media: Tijd)

E o volume tem variado ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, em 2015, o rádio contou com 2h08 diários e 2h16 em 2013. É natural a maior divisão do tempo gasto para consumo de áudio com outras plataformas, conforme elas estejam mais disponíveis.

Recomendamos:
> Panorama: Mais acessível, streaming de áudio já atinge 67% da população dos Estados Unidos 
> Nielsen aponta que "midia tradicional" serve de referência para consumo de conteúdo on-line 
> Artigo: Pesquisas são caras? Sim, mas pode garantir a sobrevivência do meio rádio 

Outro detalhe é a variação do consumo ao longo das faixas horárias, seguindo na Holanda um comportamento visto em outros locais do mundi, como no Brasil. O pico do rádio é pela manhã, sendo as 09h00 a faixa mais forte para o veículo entre o público holandês. E o meio mantém um volume consistente e considerável até a faixa entre 17h00 e 18h00, segundo a pesquisa do MediaTijd.

E todo esse tempo de audição do rádio, 43% do volume é originado de receptores AM/FM portáteis, como rádios "de mesa" em residências. Na sequência, o rádio automotivo responde a 14%, seguido de perto pelo smartphone com 12%. PC/Laptop correspondem por 9% da audiência de rádio ao vivo.

Veja também:
> Futuro: Relatório da Revenue Analytics aponta cinco tendências para o futuro da radiodifusão 
> NAB Show 2019 | Sessão do NAB Show analisa a evolução do Rádio Digital pelo mundo 

Vale a lembrança de que a Holanda é o país sede do IBC, um dos maiores eventos voltados ao mercado de mídia, entretenimento e tecnologia, tendo o mesmo grau de importância do NAB Show (realizado nos Estados Unidos).

Com informações de MediaTijd, Pixabay e Radiokreak.nl

Tags: Panorama, audiência, comportamento, Holanda, Europa, consumo, áudio

Compartilhe!

Teste
Daniel Starck

Daniel Starck é jornalista, empresário e proprietário do tudoradio.com (veiculo que atua há mais de 19 anos voltado aos interesses do rádio brasileiro e de seus ouvintes). Formado em Comunicação Social / Jornalismo pela PUCPR, Daniel também já teve passagens por rádios como CBN, Rádio Clube e Rádio Paraná. Também atua como palestrante e consultor nas áreas artística e digital.



...









tudoradio.com © 2004 - 2021 | Todos os direitos reservados
Mais tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.