Rádios online / Emissoras ao vivo

Dials / Guia de Rádios

Procurar notícias de rádio

Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019 @ 13:05

Familiares, amigos, jornalistas e autoridades prestam última homenagem a Ricardo Boechat

São Paulo – Corpo do jornalista está sendo velado no Museu da Imagem e do Som e será cremado às 14h

Publicidade

O corpo do jornalista Ricardo Boechat foi velado durante toda a manhã desta terça-feira (12), no Museu da Imagem e do Som (MIS), nos Jardins, em São Paulo. O velório começou no fim da noite de segunda com uma cerimônia com os familiares. Diversos amigos, jornalistas e autoridades prestaram a última homenagem ao jornalista, morto na tarde desta segunda-feira (11).

Depois, no início da madrugada, o velório foi aberto ao público e vai até as 14h desta terça. Foram ao MIS, entre outros, o presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, João Carlos Saad, José Simão (colunista e amigo de Boechat), o também amigo e jornalista Augusto Nunes (Jovem Pan), Fernando Mitre (diretor de jornalismo do Grupo Bandeirantes), Roberto Cabrini (SBT), o governador de São Paulo, João Doria, entre outros. Seus companheiros diário de trabalho também prestaram homenagens.

A viúva de Boechat, Veruska Boechat, afirmou durante a cerimônia que ele foi o ateu que mais praticava o amor ao próximo. "Meu marido era o ateu que mais praticava o mandamento mais importante de todos, que era o amor ao próximo, porque sempre se preocupou com todo mundo, sempre teve coragem. E é muito difícil fazer o que ele sempre tentou fazer. Então, com erros e acertos, como qualquer pessoa, mas tenho muito orgulho dele", disse.

A morte do jornalista também causou comoção entre políticos, personalidades e jornalistas. O presidente da República, Jair Bolsonaro, emitiu nota lamentando a morte do jornalista: "A Presidência da República expressa seu pesar e condolências em razão do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, vitimado em um acidente aéreo, neste dia. O País perde um dos principais profissionais da imprensa brasileira. Sentiremos a falta de seu destacado trabalho na informação da população, tendo exercido sua atividade por mais de quatro décadas com dedicação e zelo", em nota oficial.

O apresentador José Luiz Datena reportou o acidente e a morte do colega de emissora. "Ele diria que a vida vale a pena pra caramba, em todos os seus minutos e segundos. Ele sempre usou esse tempo que teve de uma forma honesta", frisou o apresentador.

Taxistas também prestam homenagem a Ricardo Boechat

Um grupo de taxistas prestou homenagens a Ricardo Boechat durante o velório do jornalista realizado na madrugada desta terça-feira (12), em São Paulo. Os motoristas colocaram o luminoso dos veículos em cima do caixão para saudar o comunicador que tinha grande afeto à categoria.

Na segunda-feira (11), um outro grupo de motoristas, que costumava ouvir Boechat na rádio, fez uma carreata até o Grupo Bandeirantes para homenageá-lo. Eles aplaudiram e gritavam o nome do radialista.

Por volta das 13h00 de hoje (12), assim como havia acontecido na frente da sede do Grupo Bandeirantes (zona sul da capital paulista) no início da noite de ontem (11), motoristas fizeram buzinaço em homenagem a Ricardo Boechat na Avenida Europa (na frente do MIS). No velório, antes das 14h00, filas eram registradas por pessoas que queriam prestar uma última homenagem ao jornalista.

Veja mais algumas manifestações sobre a morte do jornalista Ricardo Boechat:

José Simão, colunista:
O Boechat era um vulcão. Tinha pensamento próprio, independência, falava o que estava na cabeça. Era um vulcão em erupção, com lava para todo lado. Era o que ele imaginava, o que ele sentia na hora. Se você quiser dizer 'apartidário', ele é um exemplo. Ele era um justo. E muito engraçado, muito.

Fernando Mitre, jornalista:
O Boechat tinha muito ainda a dar ao jornalismo brasileiro, que foi enriquecido extraordinariamente e ganhou um capítulo espetacular quanto ele se tornou âncora do Jornal da Band e da rádio BandNews. Com as suas opiniões forte, honestas, trabalhadas em cima de notícias e da informação, ele produziu uma revolução no jornalismo, e era uma revolução que a gente vivia diariamente com ele

William Bonner, jornalista:
O Boechat foi um colecionador de prêmios e um colecionador de amigos. Acho que esse é um resumo muito pertinente do que ele representou para todos nós jornalistas, mas acho que todos nós também temos uma tristeza avassaladora com a perda dele, não só porque uma cara tão legal foi embora, mas porque esse cara tão legal e tão importante vai fazer uma falta enorme nesse momento tão delicado para o jornalismo profissional brasileiro.

Padre Marcelo Rossi:
Amados, Orando pelo Ricardo Boechat. Querido jornalista, conceituado e respeitado. Que a família seja confortada por Deus.

Padre Fábio de Melo:
A morte do Boechat nos empobrece. É bem mais do que perder um jornalista brilhante. É perder uma consciência lúcida, iluminada, que sabia ver o Brasil sem partido, sem paixões. Morre com ele a coragem que a muitos encorajava diariamente.

Serginho Groisman, apresentador:
Boechat: tuas opiniões, teu bom humor, tuas indignações, teu amor por tua família e a aula de jornalismo que você nos deu vão fazer muita falta. Força para as famílias que estavam no helicóptero.

Walter Casagrande, comentarista:
Não acredito em mais uma tragédia, fiquei o fim de semana em casa, só a maior parte do tempo na cama de tanta tristeza que sentia. Hoje fui caminhar no Ibirapuera e absorvi só energias boas e aí me vem essa notícia do Ricardo Boechat, era um dos grandes jornalistas do país.

Walcyr Carrasco, autor:
Mais uma notícia triste nesse ano: perdemos o jornalista Ricardo Boechat. Meus sentimentos aos familiares e amigos.

Chico Pinheiro, jornalista:
Conheci Boechat quando ele trabalhou no Bom Dia Brasil, no fim da década de 90. Eu participava de São Paulo e ele interagia com o Renato Machado, no RJ. Cheguei a apresentar o jornal com ele no estúdio. Sempre admirei seu trabalho. Sentiremos sua falta. R.I.P.

Paola Carosella, chefe de cozinha:
Extremamente triste e horrorizada. Meus sentimentos mais profundos de amor e paz para a familia e amigos do Sr Ricardo Boechat. Se foi um homen integro, inteligente e com uma trajetória impecável como jornalista. Um grande homem. Que em paz descanse. Muito triste.

Luto no radiojornalismo:

BandNews FM e Rádio Bandeirantes seguem prestando homenagens à Ricardo Boechat. Concorrência também se mobiliza
Artigo tudoradio.com: Nossos agradecimentos a Ricardo Boechat
Várias entidades lamentam a morte de Ricardo Boechat nesta segunda-feira (11)
Ricardo Boechat: Grupo Bandeirantes emite nota de pesar


A reprodução das notícias e das pautas é autorizada desde que contenha a assinatura 'tudoradio.com'
Tags: Rádio, Boechat, falecimento, BandNews FM, jornalismo

Compartilhe!

Teste
Carlos Massaro

Carlos Massaro atua como radialista e jornalista e é formado em Direito. Já coordenou artisticamente uma afiliada da Band FM (interior de São Paulo) e trabalhou como locutor em outra retransmissora da Band FM e na Interativa de Avaré. Atua pelo tudoradio.com desde 2009, responsável pela atualização diária da redação do portal.



...


Mais tudoradio.com

tudoradio.com © 2001 - 2019 | Todos os direitos reservados
Marcas que pertencem ao tudoradio.com:
Empresas parceiras do tudoradio.com:
tudoradio.com - O site de rádios do Brasil
Tel. Comercial: (41) 4062.0035 | (11) 4062.0058 / (09h às 12h e das 14h às 17h - seg. a sexta)
Entre em contato com o portal clicando aqui.